31/05/20
25º/10ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
Tecnologia

Calvície: especialista sugere tratamento sem remédios, eficaz e indolor

A perda excessiva dos cabelos é uma das condições que mais incomodam a significativa parcela da população que sofre com essa condição. No entanto, na hora de buscar as formas mais adequadas de controlar a calvície, muitos dos pacientes desistem de seguir tratamentos medicamentosos que, via de regra, possuem efeitos colaterais, ou que fazem uso de procedimentos intrusivos ou dolorosos.

O que muitos desses pacientes não sabem é que, com o avanço da tecnologia na área de tricologia (ramo da ciência que estuda pelos e cabelos), tratamentos adotados atualmente por médicos de todo o mundo apresentam resultados positivos sem utilizar remédios ou métodos invasivos.


Relativamente novo, o tratamento de laserterapia de baixa potência (LBP) cumpre esses três requisitos. Segundo a Dra. Marina Barletta, médica dermatologista especializada em tricologia, a LBP revolucionou o tratamento da calvície e é "indicada principalmente na alopecia androgenética feminina e masculina, podendo ser adotada também na alopecia areata e quedas pós-parto".

Divulgação/Pixabay
Divulgação/Pixabay


Entre as principais vantagens da LBP estão: redução da inflamação, estímulo do crescimento e aumento da densidade capilar, melhora na miniaturização (encurtamento e afinamento) dos fios e a ausência de efeitos adversos ou contraindicações. "A laserterapia de baixa potência aumenta a oxigenação dos vasos do couro cabeludo, fortalecendo a produção de fatores de crescimento e o aporte de nutrientes", explica a Dra. Marina.

A Dra. Marina ressalta, ainda, que pacientes dispostos a tomar remédios como minoxidil e finasterida podem esperar resultados otimizados, uma vez que a LBP aumenta a eficácia do tratamento medicamentoso clássico, graças à sua ação drug-delivery, que intensifica a entrega do medicamento tópico no local aplicado.

Para identificar as melhores formas de tratamento, é recomendado que os pacientes realizem, regularmente, consultas com médicos para avaliar a melhora e indicar o tempo de uso mais adequado.
Redação Bonde com Assessoria
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Saiba mais
Maringá registra dois óbitos por Covid-19; total chega a 8
30/05/2020 18:01
Boletim da saúde
Com mais dois óbitos, Londrina chega a 24 mortes pelo novo coronavírus
30/05/2020 17:36
Boletim estadual
Com mais oito óbitos, Paraná chega a 181 mortes pela Covid-19
30/05/2020 17:17
Alerta!
Sociedade de Pediatria desaconselha cloroquina em crianças e adolescentes com Covid-19
30/05/2020 10:49
Mais de 27 mil mortes
Brasil supera Espanha e se torna o 5º país com mais mortes por coronavírus
29/05/2020 20:00
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados