16/06/21
PUBLICIDADE
De olho nas temperaturas

Cuidados ao fazer atividade física quando o tempo está muito seco

Em caso de tempo seco as partículas atmosféricas ficam em suspensão, tornando-se ainda mais evidentes quando a baixa umidade está associada a altas temperaturas. As pessoas com histórico de doenças respiratórias estão mais vulneráveis a recaídas, em longos períodos sem chuvas. Mas não é só quem sobre de asma e bronquite que precisa se preocupar. Ao respirar o ar seco, levamos para o pulmão mais poluição e, consequentemente, poeira e diferentes tipos de vírus.

Nessas ocasiões, o melhor seria evitar exercícios físicos a céu aberto, principalmente nas cidades mais poluídas. Karina Karina Hatano, médica do exercício e do esporte, explica o que deve ser feito para amenizar os perigos. "Treine cedo, de preferência antes das 9h da manhã ou no final da tarde, após as 16h. Em casa mantenha arejados os ambientes, umidificando-os com vaporizadores ou recipientes com água. Fundamental hidratação antes, durante e depois dos exercícios, além de reforçar a ingestão de líquidos ao longo do dia", explica a especialista.

Seguem outros conselhos apontados por Karina quando o tempo estiver seco:
Use roupas claras, confortáveis e ventiladas;
Reduza o ritmo. O calor e o clima seco consomem energia e fazem o cansaço aparecer antes da hora, além de exigir mais do corpo;
Preste atenção na intensidade do esforço físico e não ultrapasses seus limites. Dor de cabeça, tontura, vista turva, coração disparado e cansaço além do normal são sinais de alerte. Diante de qualquer sintoma estranho, pare imediatamente;
Lave as narinas com soro fisiológico antes da atividade física.


Se a falta de chuva é prejudicial à qualidade do ar, o excesso também não é o ideal. "Quando a umidade está alta, o corpo sente dificuldade na transpiração e resfriamento da temperatura".

Com a sensação térmica maior, a impressão é de que está mais calor e ocorre interferência no desempenho dos exercícios, além do comprometimento da saúde. Os ácaros e fungos também se proliferam rapidamente com a alta umidade, o que pode causar rinite alérgica e asma. O excesso de esporte em condições como essas, podem resultar em cãibras, esgotamento e até acidente vascular cerebral.

Saiba se a umidade está favorável:
Ideal: entre 70% e 40%
Estado de atenção: entre 30% e 21% (evite se expor ao sol das 11h às 15h)
Estado de alerta: entre 20% e 13% (evite se expor ao sol das 10h às 16h)
Estado de emergência: abaixo de 12% (evite a prática de exercícios)
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
Continue lendo
Vacinação

Com novo lote, Arapongas antecipa vacinação de 56 anos e abre para 55 anos

16 JUN 2021 às 07h41
Vacinação no PR

Idosos passam de maioria para um quarto dos internados nas UTIs do Paraná

15 JUN 2021 às 20h10
1.599 mortes pela doença

Londrina monitora 744 casos ativos de coronavírus; 234 internados

15 JUN 2021 às 18h46
Boletim diário

Maringá registra mais 10 mortes pelo novo coronavírus nesta terça

15 JUN 2021 às 18h10
Saiba mais

Variante do coronavírus identificada no interior já circulava desde janeiro em São Paulo

15 JUN 2021 às 16h34
340 óbitos

Boletim da Saúde indica recorde de mortes por coronavírus no Paraná

15 JUN 2021 às 15h37
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados