25/02/21
PUBLICIDADE
Atenção!

Estalos no quadril podem virar problema de saúde

Eles parecem inofensivos, mas aquele barulhinho parecido com o estalo na região do quadril deveria fazer qualquer pessoa ficar atenta pois pode ser o primeiro sinal de que algo não vai bem com a articulação da região, que é uma das mais complexas do corpo humano.

Os tais estalidos são os sinais de uma patologia chamada quadril em ressalto. Ele é ouvido em determinados movimentos da articulação. Podem começar sutis e indolores, mas com o passar do tempo podem trazer problemas ao paciente, segundo explica o ortopedista especialista em quadril, Mauricio Miyasaki.


"Estes estalos se dão em razão do atrito de um tendão com uma saliência óssea. Eles são bastante comuns em jovens atletas e dançarinos, em função da alta demanda do quadril nestas atividades. Em casos já um pouco avançados a sensação é de que o quadril está saindo do lugar, mas isso não chega a acontecer", esclarece o médico. Os estalos do quadril estão divididos em duas categorias e podem ser internos ou externos.

"Estes estalos podem ser o sintoma da síndrome do impacto fêmoroacetabular, que mais tarde pode evoluir para uma artrose, condição que culmina em muitos casos com a substituição da articulação natural pela prótese", aponta o ortopedista.

De acordo com o especialista, os famosos estalos podem tornar-se dolorosos ou esteticamente desconfortáveis. Eles também podem ter como causas lesões de cartilagem e do lábrum, além de fragmentos de cartilagem possivelmente soltos dentro da articulação.

Tratamento

O tratamento inicial é convencional e se dá por meio da medicamentos anti-inflamatórios. A fisioterapia também pode ser indicada para alongamento dos tecidos tensos causadores dos estalos, assim como o pilates. Não está descartada a cirurgia em casos onde o tratamento não se faz eficaz. Nestes casos se faz uso da artroscopia, modalidade que utiliza vídeo e pequenas incisões para corrigir o problema.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Boletim diário

Londrina registra mais oito mortes pela Covid-19 e 314 novos casos

25 FEV 2021 às 20h28
Imunização

Saúde abre agendamento para vacinar idosos de 80 a 84 anos contra a Covid-19 em Londrina

25 FEV 2021 às 18h30
Saiba mais

Paraná garante vacina para 90% dos trabalhadores da saúde

25 FEV 2021 às 16h11
Boletim

Paraná registra mais 110 mortes e 5.622 casos de Covid-19; imunizados já são mais de 293 mil

25 FEV 2021 às 15h48
Saiba mais

Hospital Municipal de Maringá chega a 100% de ocupação; leitos estão sendo transferidos

25 FEV 2021 às 15h23
Pandemia ON

Prefeitura de Londrina solicita ativação de mais leitos de UTI Covid no Hospital do Coração

25 FEV 2021 às 10h48
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados