12/06/21
Homem

Inflamação crônica da próstata pode interferir na fertilidade

Infertilidade é um problema bastante comum. Depois de um ano de tentativas regulares, 15% dos casais descobrem que precisam de ajuda especializada para ter um bebê. As causas podem estar relacionadas tanto ao homem (40%) quanto à mulher (40%), bem como estar associadas ao casal de forma não muito clara (20%).

De acordo com Arnaldo Cividanes, médico urologista do Hospital SAHA, em São Paulo, infecções do trato genital masculino representam um importante fator reversível da infertilidade, atingindo até 12% dos homens inférteis. "A prostatite, que é um tipo comum de inflamação na próstata, está incluída num grupo de problemas de saúde pouco compreendidos, mas que, uma vez tratados, é possível restaurar a função reprodutiva".

O especialista afirma que a inflamação na próstata é o problema mais comum em homens com menos de 50 anos e o terceiro mais comum a partir dessa idade. De modo geral, essa condição impacta significativamente a qualidade de vida dos pacientes. "A prostatite pode ter causa infecciosa ou não infecciosa. Pelo menos 10% dos homens adultos serão diagnosticados com esse tipo de inflamação ao menos uma vez ao longo da vida, sendo que em alguns homens ela pode ser recorrente".

Cividanes explica que, através de exame clínico, é possível identificar desde uma simples inflamação até sintomas urológicos mais graves. "Dor na região gênito-retal está sempre presente, em maior ou menor intensidade. Mas também há sintomas associados ao trato urinário, como ardor ao urinar, aumento de frequência de micção, urgência e sintomas de obstrução. Febre alta, tremores, hipotensão, retenção urinária aguda e até septicemia podem ocorrer na prostatite aguda, requerendo internação em UTI".

O diagnóstico da prostatite aguda ou crônica é clinico e laboratorial. "Qualquer simples bactéria no trato urinário pode causar inflamação na próstata, mas a causa mais comum é através de relação sexual desprotegida, quer seja vaginal ou anal. Essa forma de transmissão da doença é mais comum em pacientes acima dos 50 anos, devido a menor atividade fisiológica da próstata e por ela já apresentar certa hiperplasia benigna e, consequentemente, aumento da vascularização. Por isso, a primeira dica para evitar a prostatite – bem como seus efeitos sobre a fertilidade – é usar preservativo sempre", alerta Cividanes.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
Continue lendo
e 287 casos

Maringá tem morte de adolescente de 17 anos por novo coronavírus

11 JUN 2021 às 18h20
Saiba mais

Gestantes sem comorbidades são incluídas de novo na vacinação contra o novo coronavírus

11 JUN 2021 às 18h12
Instituição de idosos

Arapongas confirma 53 casos de Covid-19 no Lar São Vicente

11 JUN 2021 às 17h41
Boletim diário

Paraná vai a 1.136.736 casos confirmados e 27.762 óbitos pelo novo coronavírus

11 JUN 2021 às 17h31
Cuide-se!

Londrina atinge 1.563 óbitos e 61.886 casos positivos em decorrência do novo coronavírus

11 JUN 2021 às 17h20
Brasil

Anvisa autoriza vacina da Pfizer, Cominarty, a adolescentes de 12 a 15 anos

11 JUN 2021 às 09h50
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados