26/05/20
35º/23ºLONDRINA
PUBLICIDADE
|
Entenda!

Por que algumas pessoas são picadas por mosquitos mais que outras?

Os casos de zika e microcefalia no Brasil aumentaram a preocupação com a picada do mosquito Aedes aegypti, que já era temido por causa da dengue. Desde outubro, foram notificados 4.180 casos suspeitos de microcefalia no país - 270 já foram confirmados, 462 descartados e os outros seguem em investigação.

Como não existe vacina ou tratamento para a zika, o conselho, principalmente para as grávidas, é tomar medidas para se proteger da picada do mosquito.


Divulgação
Divulgação


Mas por que mosquitos picam algumas pessoas mais do que outras?
De acordo com um estudo publicado no ano passado pelo periódico Plos One, a relação de uma pessoa ser mais picada por mosquitos que outras pode estar ligado aos genes que controlam o odor corporal.

Cientistas da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos agruparam 19 gêmeos não idênticos e 18 gêmeos idênticos para testar a atração a mosquitos. Eles descobriram que gêmeos idênticos atraíam a mesma quantidade de picadas, sugerindo a influência de fatores genéticos nesse processo.

Em uma série de testes, cada gêmeo colocou uma mão no final de um túnel de vento em formato de "Y". Então, bombeou-se ar para dentro do túnel, levando consigo odor. Depois, enxames de mosquitos foram liberados, movendo-se para longe ou perto de cada mão.

No caso dos gêmeos idênticos - que compartilham grande parte do material genético - houve uma distribuição uniforme dos mosquitos. Isso sugere que os insetos não tinham preferência pelo cheiro de uma mão ou outra. Por outro lado, resultados com testes em gêmeos não idênticos - que dividem menos genes - foram mais variados.

Pesquisadores acreditam que a atratividade a mosquitos pode estar relacionada a genes ligados ao odor corporal. O próximo passo é descobrir quais genes específicos estariam envolvidos.

Novas pesquisas já estão sendo realizadas. "Se entendermos a base genética para a variação entre indivíduos, será possível desenvolver maneiras sob medida para controlar melhor os mosquitos, e desenvolver novas maneiras de repeli-los", disse James Logan, da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, principal autor do estudo.

(com informações do site BBC)
Redação Bonde
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Boletim
Brasil registra 807 novas mortes por coronavírus; total passa de 23 mil
25/05/2020 20:25
Boletim da prefeitura
Londrina se aproxima de 300 casos confirmados de Covid-19
25/05/2020 18:43
Entenda
Lágrimas podem transmitir o novo coronavírus
25/05/2020 11:21
Entenda o estudo
Esgoto pode indicar percentual de contaminados pela Covid-19
25/05/2020 10:32
Ineficácia dos protocolos
Estudo identifica que cloroquina aumenta risco de arritmia cardíaca
25/05/2020 09:52
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados