19/02/20
34º/21ºLONDRINA
PUBLICIDADE
QUALIDADE

Qual diferença entre água filtrada, mineral e da torneira

A água mantém a temperatura do corpo estável e proporciona uma camada protetora para as células do corpo

Gostaria de ter mais informações sobre as diferenças entre água filtrada, mineral e aquela que vem direto da torneira. Qual a melhor opção para consumo?


A água desempenha um papel essencial em quase todas as funções do corpo humano. É utilizada para digestão, absorção e transporte de nutrientes; permite que ocorra uma série de processos químicos. Além disso, mantém a temperatura do corpo estável e proporciona uma camada protetora para as células do corpo.


E por ser tão fundamental ao nosso consumo, devemos nos ater à sua qualidade. A água deve manter suas características organolépticas, ou seja, deve estar inodora, insípida e incolor. Portanto, na hora de comprar, lembre-se sempre de conferir essas características. É importante também observar o estado de conservação das embalagens e se a garrafa ou copo estão devidamente lacrados.

A água que chega pelas torneiras é uma água potável, tratada em redes de tratamento e abastecimento. Passa por diversos processos, dentre eles a filtração. Apesar de ter recebido cloro, capaz de eliminar bactérias e outros microorganismos, a água deve ser novamente filtrada antes de seu consumo, através dos filtros domésticos. As redes controlam a qualidade da água desde os tanques de tratamento até o encanamento que a leva para sua casa.

Já a água mineral contém no mínimo 500 mg de minerais por litro, mas não possui nenhuma propriedade especial. Os produtos vendidos como ''água mineral natural'' não sofrem nenhuma modificação no conteúdo de minerais, enquanto outros produtos podem vir da fábrica com ajustes. Água mineral com gás, assim como todas as bebidas gaseificadas, são contra-indicadas para pessoas com problemas gastrointestinais, pois, na maioria dos casos, elas contribuem para agravar o problema.

Cuidado apenas com as águas comercializadas em galões. Observe se o recipiente está devidamente lacrado, se a empresa possui CNPJ e a procedência do produto.

Aliny Stefanuto, nutricionista
Sua Saúde - Folha de Londrina
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Investigação

Brasil monitora cinco casos suspeitos do novo coronavírus

Veja mais e a capa do canal