28/02/21
PUBLICIDADE
Síndrome de Burnout

Saiba o que é esgotamento profissional e como evitá-lo

Exaustão emocional, dor de cabeça e muscular e cansaço excessivo são alguns dos sintomas associados constantemente ao estresse do dia a dia. Embora muitos não saibam, esses sintomas podem ser sinais de alerta para a Síndrome de Burnout, conhecida como esgotamento profissional.

De acordo com pesquisa realizada entre 2013 e 2014 pela International Stress Management Association (Isma), 72% dos entrevistados brasileiros sofrem com estresse e 30% deles apresentam a doença. As demissões em massa, em meio à crises econômicas é um dos fatores que contribui para este cenário. Com o mercado de trabalho cada vez mais competitivo, os profissionais se sentem pressionados por melhores qualificações e bons resultados. Com isso, assumem cargas excessivas de atividades e responsabilidades para atender às exigências da empresa.


Para Lívia Vieira, psicóloga do Hapvida Saúde, os profissionais focam demasiadamente suas vidas no trabalho e, quando não conseguem o reconhecimento esperado, perdem o estímulo para desempenhar a função. "Essa desmotivação surge da falta de reconhecimento, ou seja, quando o colaborador é obstinado, faz de tudo para se destacar em seu emprego, procura dar o seu melhor e, com isso, passa a medir sua autoestima pela capacidade de sucesso profissional. Porém, ele se sente frustrado quando percebe que não é valorizado como gostaria", explica.

Com tanto esforço, é natural que em algum momento o estresse aumente e o corpo dê sinais, podendo mudar o percurso e chegar a um nível severo de esgotamento, levando – em alguns casos – até à depressão. "Após tanto se dedicar, a capacidade física e mental do profissional começa a ficar debilitada, com estresse em fase aguda, o que afeta o psicológico. O corpo literalmente adoece, pois toda essa situação diminui a imunidade", afirma.

A intensidade da doença varia conforme a carga que cada pessoa se impõe e nas próprias cobranças internas. Entre as carreiras com mais profissionais diagnosticados com a Síndrome de Burnout estão: bombeiros, policiais, professores, bancários, médicos e enfermeiros. Segundo Lívia, as possibilidades de tratamento variam de acordo com o estágio da doença, pois em alguns casos, o problema pode ser resolvido com auxílio de um psicólogo. Em outros, é preciso tratar com medicamentos.

Tenha um objetivo
Se você trabalha por obrigação e não porque realmente gosta e não sente satisfação ao executar suas tarefas, terá mais chances de desenvolver a doença, pois a infelicidade profissional pode causar estresse crônico. Portanto, faça do seu local de trabalho um ambiente prazeroso e se mantenha sempre motivado.

Priorize suas atividades
Coloque em primeiro lugar as demandas que realmente são importantes e simplifique a sua rotina. Muitas pessoas querem fazer tudo ao mesmo tempo e acabam trabalhando em excesso e, assim, ficando mais cansadas e se tornando um forte candidato à síndrome.

Se organize
Tenha controle do seu tempo, pois isso é muito importante para evitar o esgotamento. Saiba separar a vida profissional da vida pessoal e sempre reserve um tempo para família, amigos e lazer.

Atividade física

Para eliminar o estresse adquirido no ambiente de trabalho, procure fazer atividade física, de preferência algo que você goste. Pode ser aulas de dança, arte marcial ou, até mesmo, uma caminhada em praças e parques.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Atendimento virtual

Resolução da Sesa estabelece novas regras para atividades religiosas

26 FEV 2021 às 19h57
Boletim diário

Londrina registra mais oito mortes por Covid-19 e se aproxima dos 37 mil casos

26 FEV 2021 às 19h43
15 P1 e dois B.1.1.7

Mais 17 casos de variantes da Covid-19 são confirmadas no Paraná

26 FEV 2021 às 19h29
Entenda!

Brasil vive tragédia e presença de variantes não é desculpa, afirma OMS

26 FEV 2021 às 16h33
Boletim

Paraná registra mais 74 mortes e 4.550 casos de Covid-19; imunizados já são mais de 396 mil

26 FEV 2021 às 16h03
Saiba mais

Paraná ativa mais 258 leitos para atendimento da Covid-19

26 FEV 2021 às 15h44
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados