Bonde - O Maior Portal do Paraná
Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014. | Bem-vindo usuário! Faça login ou cadastre-se.
31º / 16º Londrina - PR Outras Cidades Google Twitter Whatsapp - (43) 9124-1630 Facebook
Saúde
01/05/2009 -- 14h53

Perdi o paladar, e agora?

Como o olfato afeta o paladar, os indivíduos resfriados frequentemente acham que os alimentos não possuem o mesmo sabor.

Sua Saúde - Folha de Londrina
QR:
Add to Flipboard Magazine.
Reprodução
Reprodução

Peguei uma gripe forte há quatro meses e até hoje não sinto mais o gosto e o cheiro das coisas. Que tratamento posso fazer para voltar a sentir prazer em me alimentar?

Como os distúrbios do olfato e do paladar raramente constituem uma ameaça à vida, eles podem não receber a atenção médica devida. Entretanto, esses distúrbios podem chegar a ser frustrantes, uma vez que afetam a capacidade do indivíduo de desfrutar do sabor de comidas, bebidas ou aromas agradáveis.

O olfato e o paladar estão intimamente relacionados. As papilas gustativas da língua identificam o sabor e os nervos do nariz identificam o odor. Como a diferenciação entre dois sabores depende, em grande parte, do olfato, em casos de obstrução das fossas nasais, por causa da coriza de um resfriado comum, o olfato pode ser diminuído simplesmente porque os odores não conseguem chegar aos receptores do olfato.

Como o olfato afeta o paladar, os indivíduos resfriados frequentemente acham que os alimentos não possuem o mesmo sabor. As células que detectam o odor podem ser lesadas temporariamente pelo vírus do resfriado.

Alguns indivíduos não conseguem sentir cheiros ou sabores durante dias ou mesmo semanas após um episódio de gripe. Ocasionalmente, a perda do olfato ou do paladar persiste durante meses ou pode, inclusive, tornar-se permanente. Esta diminuição está relacionada à ocasional destruição das células responsáveis pelo olfato pelos vírus responsáveis pelo resfriado.

Quanto ao tratamento, não existe nada muito comprovado, mas os complementos de zinco, os quais podem ser comprados em farmácias, sem receita, aceleram a recuperação, especialmente dos distúrbios do paladar que ocorrem após um episódio de gripe.

No entanto, esse efeito não foi cientificamente confirmado. No mais, soluções para hidratação nasal e paciência são fundamentais para este tipo de distúrbio, que geralmente é passageiro.

*Guilherme Fazolo, pneumologista
Abaixo, usuários do Facebook que comentaram outras notícias no Bonde
Plugin gerado com dados do Facebook com a App - Última atualização: 16/09/2014 23:38
PUBLICIDADE
Carregando ...
PUBLICIDADE
 
PUBLICIDADE