Blog do Lucio Flávio - Lucio Flávio
17/04/2015 - 10:58
  RSS  
O Londrina vai para o segundo tempo da decisão contra o Coritiba vencendo por 1 a 0. É uma boa vantagem, porém, longe de ser definitiva.

O Lec sabe que irá enfrentar uma pressão enorme no Couto Pereira, em todos os aspectos, e por isso terá que estar muito preparado, em todos os sentidos, para superá-la e avançar a final.

Desde a derrota no domingo, o Coritiba começou a criar um clima de "revanche" para o jogo da volta, baseado na tese, falsa, de que a arbitragem foi a única responsável pela vitória alviceleste no Café.

O Coxa fez campanhas ao longo da semana convocando o torcedor, divulgando vídeos institucionais de apoio e abaixou o preço dos ingressos tudo isso para levar 30 mil pessoas e transformar o Alto da Glória em um verdadeiro caldeirão.

Se mantiver a pegada, a marcação e a disposição das últimas três partidas, o Londrina vai complicar novamente a vida do Coxa e ficará perto da classificação.

A força do Lec continua sendo o sistema defensivo e vai depender dele para chegar a final. O grande problema é que só se defender não é a melhor alternativa e o ataque do alviceleste continua inoperante. Sem Arthur, a situação fica ainda mais complicada.

O Coxa é forte em casa - 10 vitórias seguidas e neste Paranaense em cinco oportunidades venceu por dois ou mais gols de vantagem - e terá todo um clima favorável a seu favor. Mas, dentro de campo o time é limitado. Os dois confrontos contra o Londrina mostraram isso.

Resta ao Londrina se impor em campo e jogar como o atual campeão paranaense. A batalha será árdua, mas totalmente vencível. Quem sabe além da classificação, o Lec consiga uma nova façanha, ainda inédita na gestão SM Sports: vencer um dos grandes na capital.
17/04/2015 - 10:28
  RSS  
A Federação Paranaense de Futebol escalou Edivaldo Elias da Silva para apitar Londrina e Coritiba, domingo, no Couto Pereira. Os auxiliares serão Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu dos Santos.

Edivaldo apitou a vitória do alviceleste sobre o Atlético por 1 a 0, no estádio do Café. Na oportunidade, o Londrina reclamou de alguns cartões distribuídos pelo árbitro, que tirou três jogadores do clube para o primeiro confronto contra o Maringá, pelas quartas-de-final.

Edivaldo fez uma boa arbitragem naquela partida e é um dos mais experientes árbitros do quadro da FPF. A escolha foi boa e espero que ele esteja em um bom dia para controlar bem a partida decisiva.

A outra semifinal entre Operário e Foz do Iguaçu terá arbitragem de Rafael Traci.
15/04/2015 - 22:10
  RSS  
O Londrina foi valente e encarou de igual para igual o Santos em São Jose dos Campos, mas a derrota por 1 a 0 eliminou o time da Copa do Brasil.

O Lec foi melhor no primeiro tempo e perdeu duas grandes chances com Dirceu e Arthur. O gol de Elano aos quatro minutos do segundo tempo desarticulou o alviceleste e selou a classificação santista.

O Londrina caiu de pé e agora pensa no Coritiba que é realmente o que importa. Sem Lucas Ramon, machucado, e Arthur, suspenso, e com a volta de Allan Vieira.

Quatro dias que serão interminaveis para o torcedor alviceleste. Se manter a pegada dos últimos três jogos, o Tubarão tem tudo para chegar a final.
14/04/2015 - 18:36
  RSS  
O retorno do lateral Maicon ao elenco do Londrina deixa no ar uma possibilidade cada vez mais real: o garoto Lucas Ramon está com os dias contados no clube. Dentro do próprio Lec tem muita gente apostando que a revelação será negociada ao término do Paranaense.

Maicon teve o seu contrato rescindido com o Metropolitana de Blumenau e já havia ganho férias do Londrina. Voltaria apenas para o início da preparação para a série C. A antecipação do seu retorno, reforça ainda mais a tese da saída de Lucas Ramon.

O lateral tem um grande potencial e tem mostrado bom futebol, desde a série D do ano passado. É jovem, tem uma forma moderna de atuar e por isso tem mercado.

Diferente dos anos anteriores, Lucas Ramon é, até agora, a única revelação do Londrina na temporada com potencial para comercialização. Por isso, se a oferta surgir a SM Sports não pensará duas vezes em negociá-lo.
13/04/2015 - 10:44
  RSS  
Londrina e Santos se enfrentam pela Copa do Brasil na quarta-feira às 19h30, no estádio Martins Pereira, em São José dos Campos. A mudança para o interior foi um pedido do Peixe.

O estádio Martins Pereira foi inaugurado em 1970 e é uma homenagem aos irmãos Mário e Nelson Martins Pereira, fundadores do São José Esporte Clube.

Em 2013, o estádio passou por uma modernização e reforma geral. A capacidade hoje é de 12,3 mil torcedores. O estádio é administrado pela Urbanizadora Municipal (Urbam). Tanto o São José como o São José dos Campos Futebol Clube mandam seus jogos pela A3 do Paulista no Martins Pereira.

O Santos fez um período de treinamento de dez dias no local em 2014, já que o CT Rei Pelé estava sendo utilizado na Copa do Mundo.



Santos e Londrina terá arbitragem de André Luiz de Freitas Castro, Bruno Raphael Pires e João Patrício de Araújo, todos de Goiás. No primeiro jogo, o Peixe venceu por 1 a 0 no estádio do Café.
13/04/2015 - 10:23
  RSS  
Assista o gol de Paulinho na vitória de 1 a 0 do Londrina sobre o Coritiba. Repare que Neílson desvia de ombro a bola para o Paulinho encobrir o goleiro Vaná.

Foi o primeiro gol de Paulinho no Campeonato Paranaense.

13/04/2015 - 09:54
  RSS  
Ouça o gol do atacante Paulinho, que garantiu a vitória do Londrina por 1 a 0 sobre o Coritiba, pela semifinal do Paranaense, no estádio do Café. Narração de J. Mateus pela Rádio Paiquerê.

Tubarão agora joga por um empate domingo no Couto Pereira para garantir vaga na final do Paranaense.

12/04/2015 - 19:37
  RSS  
O Londrina manteve o mesmo espírito, vontade, determinação e pegada do confronto em Maringá e isso foi determinante para a vitória de 1 a 0 neste domingo no estádio do Café contra o Coritiba.

O jogo, tecnicamente não foi brilhante, os times tiveram poucas chances de gol, mas teve tudo que uma partida decisiva tem: poucos espaços, faltas, catimba, rivalidade e muita entrega.

O Londrina aproveitou bem a primeira oportunidade e a condição da zaga do Coritiba de jogar em linha. Rone Dias lançou, Neílson resvalou de cabeça e, em alta velocidade, Paulinho surpreendeu a defesa e apareceu na cara do Vaná. Com categoria, o atacante tocou por cima fazendo o seu primeiro gol no campeonato.



O Lec manteve o controle do jogo, mas não chegou mais com perigo. O destaque mesmo era para a marcação. O alviceleste não deu espaço aos bons jogadores do Coxa - Alan Santos, João Paulo, Negueba e Rafhael Lucas. Germano, Dirceu, Silvio, Lucas Ramon e Lino fizeram ótima partida.

O Coxa reclamou de um pênalti, que existiu, em cima de Negueba. No segundo tempo, o Coritiba teve mais posse de bola, mas a marcação do Lec continuou eficiente e o Coritiba não deu sequer um chute no gol.

A melhor chance de marcar foi do Londrina. Paulinho, um dos melhores em campo, roubou a bola de Hélder e acertou o travessão. A vitória foi justa e merecida e deixa o Tubarão a um empate da final. Festa dos mais de 11 mil torcedores que foram ao Café.

O Coritiba sai reclamando demais da arbitragem e alegou que o Londrina foi desleal na partida. Um exagero sem tamanho, mas também uma forma de desviar o foco da derrota e criar um clima de revanche para a segunda partida.

A vantagem é boa, não definitiva, assim como não era após o primeiro confronto contra o Maringá. A pressão será muito grande e o Londrina terá que ser inteligente para aproveitar a vantagem.

Será mais um teste para a ótima defesa alviceleste. Porém, só se defender não será a melhor estratégia para o confronto no Couto Pereira.

11/04/2015 - 15:11
  RSS  
O ex-ala Rodrigo Santana acaba de iniciar uma escolinha de basquete em parceria com o Iate Clube de Londrina.

O trabalho tem como meta promover a iniciação de crianças na modalidade. Por isso as aulas são para crianças a partir dos sete anos. Os treinos acontecem três vezes por semana sempre entre às 14h e às 16h. Todas as informações estão a disposição dos interessados no Iate.

Rodrigo Santana foi um dos ótimos jogadores que passaram pelo basquete de Londrina durante os anos do auge da modalidade na cidade.

Rodrigo fixou residência em Londrina e tem muito conhecimento sobre o basquete para passar para as novas gerações. Que este trabalho possa revelar grandes jogadores para o basquetebol brasileiro.
10/04/2015 - 10:21
  RSS  
A Portuguesa foi rebaixada pela segunda vez na sua história para a série A2 do Campeonato Paulista. O primeiro adversário do Londrina na série C não sabe ao certo qual será o seu futuro.

Atolada em dívidas de R$ 100 milhões, a Lusa já não conta mais com dinheiro das cotas de TV e não sabe como irá remontar o seu elenco para a sequência da temporada.
< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social-Jornalismo e Administração-Marketing. Repórter Esportivo da Rádio Paiquerê AM desde 1997. Repórter também da Folha de Londrina. Participou de coberturas esportivas nacionais e internacionais como Copa do Mundo, Olimpíadas e Copa América. Twitter: @Luciobortoti



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
PUBLICIDADE