Blog do Lucio Flávio - Lucio Flávio
25/07/2016 - 10:09
Imprimir Comunicar erro mais opções
O futebol e o resultado ruins do Londrina contra o Sampaio Corrêa são reflexos dos números da partida no estádio do Café.

Os dados da FutScout mostram que o alviceleste teve 53% da posse de bola e 20 finalizações contra 13 do time maranhaense. O problema é que o alviceleste continua pouco preciso. Foram só quatro arremates no gol, contra cinco do Sampaio. O time até que chutou bastante, mas sem qualidade.

Tecnicamente o jogo foi muito ruim porque os times erraram demais. Foram 94 passes errados. Um passe errado por minuto. O Londrina errou 46 e o Sampaio, 48. O LEC acertou 217 passes e o rival, 216. É difícil ser eficiente errando tanto assim.

Foram ainda 18 recuperações de bola contra 11 do Sampaio. O Londrina cometeu 17 faltas e sofreu 19 e cobrou sete escanteios enquanto que a equipe de São Luís bateu cinco.

A torcida espera que os números e o futebol melhorem já no jogo desta terça, em Florianópolis.

Ouça os gols de sábado na narração de Fiori Luiz, pela Rádio Paiquerê.





24/07/2016 - 00:16
Imprimir Comunicar erro mais opções
O empate com o Sampaio Corrêa por 1 a 1, na noite de sábado, comprovou a dificuldade do Londrina nos jogos no estádio do Café. Foi o quinto tropeço do time em casa nesta série B. Dos 27 pontos disputados como mandante, o alviceleste desperdiçou 12.

E no fim, o resultado ainda acabou sendo bom. O LEC fez um jogo muito ruim tecnicamente e o adversário esteve mais perto da vitória.

Apesar de ser o lanterna da competição, a equipe maranhense conseguiu jogar de igual para igual. Muito mais pela ineficiência do alviceleste.

Os velhos problemas nos jogos diante da torcida ressurgiram. Faltou criação, jogadas de profundidade e qualidade no último passe. O Londrina errou incríveis 46 passes na partida. O Sampaio, 48.

Até a defesa falhou demais. Sobretudo nas bolas aéreas. Foi assim que o Sampaio empatou aos nove minutos do segundo tempo, com o zagueiro Wagner marcando de cabeça. Antes, o time de São Luís tinha tido outras duas boas chances por cima.

Apesar de ter feito duas defesas espetaculares, o goleiro Marcelo também vacilou no gol. Bola cruzada dentro da pequena área, o goleiro tem que sair.

Divulgação
Divulgação - O capitão Germano marcou de pênalti o gol do Londrina
O capitão Germano marcou de pênalti o gol do Londrina



Nem jogando os 15 minutos finais com Keirrison e Itamar juntos, o LEC conseguiu chegar ao segundo gol, apesar de ter pressionado o adversário, mas sem muita coordenação.

Na verdade, o Londrina criou muito pouco e chegou ao gol, após um cruzamento errado de Lucas Ramon. A bola desviou na zaga e sobrou para o K99, que foi derrubado pelo mesmo Wagner. Germano bateu bem e abriu o placar.

Em nenhum momento do jogo, o Londrina conseguiu controlar a partida e sofreu com as arrancadas de Pimentinha, que foi um tormento para Luizão e Léo, e ainda viu o atacante Edgar perdeu gol feito, na segunda etapa. Nem as alterações surtiram efeito.

Os poucos mais de quatro mil torcedores que foram ao Café na expectativa de ver o time se isolar na quinta posição e ficar há dois pontos do G4, saíram decepcionados pelo fraco desempenho e vaiaram justamente o time ao final da partida. O Londrina permanece em sexto, junto com o Paraná.

A esperança da torcida é que agora o jogo é em Florianópolis e fora o Londrina tem se dado bem melhor que no Café. Quem sabe os pontos perdidos aqui sejam recuperados diante do Avaí.
22/07/2016 - 10:38
Imprimir Comunicar erro mais opções
"Não é porque eles estão na lanterna que teremos um jogo fácil. A série B é muito competitiva". A frase do zagueiro Luizão resume o pensamento do Londrina para o jogo deste sábado contra o Sampaio Corrêa.

Tenho ouvido e visto muita gente dizendo que a vitória no estádio do Café é obrigação. Futebol não é assim. Cada partida tem a sua história e os três pontos só virão se forem construídos a partir de um bom jogo, consistente e equilibrado.

Claro que um time que quer brigar na parte de cima da tabela e, esta é a realidade do LEC, não pode pensar mesmo em perder pontos para o lanterna em casa. Mas, daí até a vitória, muita coisa pode acontecer.

É evidente que o Londrina é favoritíssimo para ganhar, mas é preciso respeitar o adversário e, acima de tudo, jogar de uma forma que não permita ao rival respirar e vislumbrar uma possibilidade de surpreender. As coisas podem se complicar a partir do momento que o Sampaio perceber uma certa acomodação do alviceleste na partida.

Os números do time de São Luis não colocam medo em ninguém. É o time que menos venceu (2), menos gols fez (9) e mais sofreu (24). Só conquistou um ponto fora e marcou um mísero gol. Foram seis derrotas como visitante.

Em casa, duas vitórias, quatro empates e três derrotas. Sofreu ainda duas grandes goleadas: 4 a 0 para o Vasco e 5 x 0 para o Náutico. Já trocou de treinador três vezes.

De qualquer forma é preciso manter o foco e a concentração no trabalho. Um tropeço neste sábado seria um daqueles resultados irrecuperáveis.

O Londrina me parece muito bem blindado para este tipo de partida, apesar de nem sempre o time saber lidar com a condição de favorito, principalmente no estádio do Café.

De qualquer forma, o elenco tem mostrado que está com os pés no chão e que é preciso caminhar ainda muito para alcançar os seus objetivos na série B. E para chegar a eles, os três pontos no sábado são primordiais.
20/07/2016 - 15:53
Imprimir Comunicar erro mais opções
Quatro jogadores do Londrina participam de uma noite de autógrafos nesta quinta-feira no Boulevard Londrina Shopping. O evento acontece no piso superior e será das 18h30 às 19h30.

Vão participar o capitão Germano, o centroavante Keirrison, o goleiro Marcelo e o meia Rafael Gava. Serão atendidos até 150 torcedores, com distribuição de senhas.

O shopping informa que a entrada será franca e o estacionamento gratuito para carros.
19/07/2016 - 18:54
Imprimir Comunicar erro mais opções
Este blogueiro já havia alertado ainda em 2015. Trocar o gramado do estádio do Café é fácil. O difícil mesmo seria manter a grama em perfeitas condições.

Pouco tempo após o novo piso começar a ser usado, os problemas têm surgido, colocando em risco a qualidade da gramado. As dificuldades esbarram na falta de estrutura financeira e de pessoal da Fundação de Esportes (FEL), administradora do local.

Vamos enumerá-las:

1) Há cerca de um mês, o sistema de irrigação quebrou e o gramado ficou sem água por três semanas. Foi justamente em um período de pouca chuva, o que deixou o gramado com aspecto feio. O sistema já voltou a funcionar.

2) Nas duas últimas semanas, o trator utilizado para cortar a grama quebrou duas vezes. O segundo conserto ainda não foi realizado.

3) Na semana passada, foi necessário emprestar um equipamento que pertence ao Londrina, que é utilizado no VGD, para realizar o corte da grama.

4) A prefeitura não tem recurso para adquirir uma máquina própria para o corte da grama. Ela é mais sofisticada que os equipamentos atuais usados no estádio e faz um corte uniforme, deixando o gramado mais igual e com visual mais bonito.

5) Este equipamento possui ainda um rolo, que vai assentando a grama, conforme é realizado o corte. O rolo é que permite realizar o corte em faixas, proporcionando aquele aspecto bonito no gramado.

6) A máquina custa R$ 80 mil, de marcas nacionais, e U$$ 80 mil (R$ 260 mil), as importadas. a FEL já fez a cotação de orçamentos, mas foi informada que não há dinheiro.

São pequenas dificuldades que poderiam ser superadas, mas colocam em risco um investimento de quase R$ 500 mil. É dinheiro público, que poderia ser melhor cuidado.

Já foi tema deste blog também. Uma das alternativas para acabar com os gargalos do Café seria reverter a taxa de ISS (Imposto Sobre Serviço), cobrada sobre toda renda bruta dos jogos, para investimentos no próprio estádio. Hoje, este dinheiro vai para o caixa da prefeitura e não volta para o estádio.

Ainda há tempo de buscar os meios para a manutenção do gramado do Café. Mas, se demorar muito, pode ser tarde.
18/07/2016 - 17:22
Imprimir Comunicar erro mais opções
Depois de três dias de descanso e repouso, o técnico Claudio Tencati voltou a trabalhar normalmente nesta segunda-feira no Londrina. O treinador comandou os treinos em dois períodos no CT da SM Sports.

Tencati foi diagnosticado com um espasmo coronário, um estreitamento da artéria, em razão de um quadro de estresse agudo, e ficou internado por pouco mais de 24 horas.

Sem nenhuma sequela e restrição, o comandante foi liberado pelos médicos e, por precaução, fará novos exames em 15 dias.

Bom retorno, professor e, dentro do possível, tente manter um pouco mais a calma e a tranquilidade para dar uma aliviada no coração. Até porque até o fim do ano ainda restam 22 rodadas e até lá vão sobrar emoções.

Tencati estará novamente no banco alviceleste sábado diante do Sampaio Corrêa
Tencati estará novamente no banco alviceleste sábado diante do Sampaio Corrêa
18/07/2016 - 10:19
Imprimir Comunicar erro mais opções
O Londrina vive o seu melhor momento na série B e ocupa a inédita sexta colocação, com 24 pontos, há cinco do Atlético Goianiense, que está no G4 do Brasileiro. A diferença para a zona do rebaixamento é de sete pontos.

Sem perder há quatro rodadas - a última derrota foi na 12ª rodada para o Luverdense -, o alviceleste somou oito pontos nos últimos quatro jogos - duas vitórias e dois empates.

Se a fase é boa, ela pode melhorar ainda mais até o fim do primeiro turno, quando o LEC enfrenta equipes que estão na parte de baixo da tabela nas três últimas rodadas. A projeção é terminar a primeira metade da competição com, pelo menos, 30 pontos.

No sábado, às 21h, no estádio do Café, recebe o lanterna Sampaio Corrêa. Na terça (26), vai a Florianópolis jogar contra o Avaí, 13º colocado, com 20 pontos. No fechamento do turno, no dia 2, volta ao Café para atuar diante do Bragantino, 17º e integrante do Z4, com 17 pontos.

Zagueiro Matheus é um dos destaques da segunda melhor defesa da série B
Zagueiro Matheus é um dos destaques da segunda melhor defesa da série B


Se mantiver a média de dois pontos nestas três partidas, o Londrina fecha o primeiro turno em ótima posição e abre excelentes perspectivas para o returno.

Mas, a série B é difícil e todo jogo requer atenção, mesmo quando se joga em casa com equipes que estão mal na tabela. Na 16ª rodada, apenas quatro mandantes venceram.

É preciso manter o foco e a concentração para que surpresas desagradáveis não aconteçam. Até porque, muitas vezes, é mais comum tropeçar em pedras pequenas do que em grandes.
15/07/2016 - 11:14
Imprimir Comunicar erro mais opções
Com os dois gols marcados na terça-feira, Keirrison se isolou na artilharia do Londrina na série B, com cinco gols. O centroavante fez um terço dos gols do LEC na competição: 15.

Desde que chegou ao clube, no mês de março, Keirrison fez 11 partidas como titular e entrou no decorrer de outros dois jogos. Com um gol na Copa do Brasil, tem seis na temporada. Uma média de quase meio gol por partida. Nada mal.

É também o artilheiro do Tubarão no ano. Deixou para trás Zé Rafael (5), Germano e Wellisson, com quatro.

Fazia tempo que o Londrina não tinha um artilheiro com esta média. Mesmo com poucos meses de clube e ainda tendo muito campeonato pela frente, a contratação de K99 já tem valido a pena.

14/07/2016 - 22:54
Imprimir Comunicar erro mais opções
O técnico Claudio Tencati está internado em observação no Hospital do Coração, em Londrina. O treinador passou mal na noite de quarta-feira, após o desembarque da delegação alviceleste, que retornou de Goiânia.

Com dores no peito, Tencati chegou ao hospital por volta das quatro horas da madrugada de quinta-feira.

De acordo com uma nota oficial publicada pela SM Sports, após vários exames, inclusive um cateterisma, foi detectado um Espasmo Coronário, caracterizado pelo estreitamento das artérias do coração, devido contrações, deixando com que o coração receba menos oxigênio pelo sangue. Um forte quadro de estresse também foi detectado.

Tencati deve ficar hospitalizado até a tarde de sexta-feira, em observação. A orientação médica é que ele fique descansando em casa até a segunda-feira. O treinador está sendo monitorado pela equipe do médico Ederlon Ferreira Nogueira.

A nota ainda informa que o estado de saúde do técnico é bom e não há risco de mais complicações no quadro atual.
14/07/2016 - 18:22
Imprimir Comunicar erro mais opções
Autor dos quatro gols do Atlético Nacional na classificação em cima do São Paulo, Borja poderia ter jogado do outro lado na semifinal da Libertadores.

Tão logo as quartas de final acabaram, o empresário Juan Figer, velho conhecido da diretoria tricolor, telefonou para Gustavo Vieira de Oliveira, diretor-executivo de futebol, oferecendo a revelação colombiana.

O preço: R$ 6,5 milhões por 70% dos direitos econômicos de Borja. O custo total da operação, incluindo comissão, seria de R$ 7 milhões. O São Paulo ignorou a sugestão na mesma hora.

O artilheiro, de 23 anos, já tinha ofertas oficiais do Atlético Nacional e do Deportivo Cali por causa de seus números com a camisa do Cortuluá - foram 22 gols em 25 jogos na temporada.

Detalhe importante: o Tricolor já sabia na oportunidade que ficaria sem Calleri para o restante do ano. Ainda assim, preferiu investir R$ 8,8 milhões no meia peruano Cueva, que não pôde defender a equipe de Bauza nas semifinais porque já havia disputado a Libertadores pelo Toluca, do México. É bem verdade que o dinheiro investido em Cueva será pago em várias parcelas.

Diante da recusa tricolor, Figer ainda ofereceu Borja a outro clube brasileiro: Fluminense, que também não se interessou.

Borja fez os dois gols do Atlético Nacional no Morumbi e ainda cavou a expulsão de Maicon. No jogo da volta, em Medellín, balançou as redes outras duas vezes e se tornou o artilheiro do finalista da Libertadores, mesmo tendo disputado somente duas partidas.

Fonte: Blog do Jorge Nicola
< 1 | 2 | 3 | 4 | 5 >
Lucio Flávio
 
Formado em Comunicação Social-Jornalismo e Administração-Marketing. Repórter Esportivo da Rádio Paiquerê AM desde 1997. Repórter também da Folha de Londrina. Participou de coberturas esportivas nacionais e internacionais como Copa do Mundo, Olimpíadas e Copa América. Twitter: @Luciobortoti



Sites Sugeridos
 
ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
 
Hospedado pela: