18/10/17
32º/20ºLONDRINA
 -
 -
12/10/2017 - 14:49
Imprimir Comunicar erro mais opções
Uma das dúvidas mais comuns entre os tutores de gatos é se os felinos devem ser alimentados com ração úmida - aquela que vem em sachês, latas e marmitinhas. Há quem diga que esse tipo de alimento contém muito sódio e outros têm medo de que depois o animal se recuse a comer a ração seca depois.

O fato é que aqui ainda estamos pouco acostumados com esse tipo de ração, mas se observarmos os filmes e séries americanos, os tutores sempre abrem uma latinha de comida úmida para os gatos e também para os cães.

Conversando uma amiga veterinária dias atrás, ela me disse que recomenda sempre aos seus pacientes - e também aplica aos seus gatos, a ração úmida. Como se sabe os felinos não são muito adeptos de tomar água e esse tipo de alimento ajuda na hidratação, o que pode evitar problemas renais futuramente.

Se o seu gato não tem nenhum tipo de doença, ele pode se alimentar todos os dias com os sachês e comidas de latinha, seguindo as quantidades de acordo com o peso e idade dele, indicadas na embalagem. Já se ele tiver algum problema de saúde, converse antes com o veterinário. Para os bichanos que não são muito adeptos de tomar água no potinho ou nas fontes, é possível acrescentar um pouquinho mais de água nessa ração, assim ele acabará ingerindo mais água sem perceber.

É importante lembrar que o sódio em excesso faz mal para os animais e também para nós, mas também é um mineral importante para regular a pressão arterial. As rações úmidas são balanceadas e prontas para consumo e não causam problemas em gatos saudáveis. Na dúvida, consulte o veterinário. A ração que sobrar na embalagem para outras refeições deve ser guardada na geladeira e o que sobrar no potinho deve ser descartado. Por esse motivo eu não costumo misturar a ração úmida com a ração seca, afinal, o que eles não comerem vai ser desperdiçado.
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Erika Gonçalves
 
Formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina em 1997. Apaixonada por bichos desde sempre, mas sem vocação para ser médica veterinária. Já teve um "zoológico" em casa quando criança. Está sempre buscando novidades sobre o comportamento animal. É repórter da Folha de Londrina.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE