22/11/17
30º/17ºLONDRINA
 -
 -
12/09/2017 - 21:21
Imprimir Comunicar erro mais opções
Um dos primeiros indicativos de que a saúde cardíaca do cãozinho não anda bem é o cansaço fácil. "Se o cachorro pede colo durante um passeio, na rota que já estava acostumado, ele pode sofrer de problemas cardíacos", atenta o médico veterinário da Equilíbrio (Total Alimentos), Marcello Machado.

Dificuldade para respirar, fadiga excessiva, tosse e rejeição a atividades físicas podem ser sinais de que o coração do cachorro não está conseguindo suprir adequadamente os tecidos, causando insuficiência cardíaca ou outras doenças do coração. Segundo o veterinário, um a cada quatro cães com mais de sete anos tem algum tipo de doença cardíaca.

O diagnóstico da doença cardíaca é realizado por meio de exames específicos: a bioquímica sérica (exame de sangue) e o ecodoppler cardiograma e deve ser realizado por um médico veterinário, de preferência, especialista em cardiologia.

Se o seu pet já foi diagnosticado com algum problema cardíaco, poderá ser necessário fazer algumas mudanças no estilo de vida e também na alimentação dele, para que haja uma boa qualidade de vida. "Junto com prescrição dos médicos veterinários, o cão precisa de alimentos específicos para cardíacos, esses procedimentos combinados garantirão a ele bem-estar e longevidade", explica.

Uma das opções é a Equilíbrio Veterinary Cardiac, da linha Super Premium da Total Alimentos, rica em Taurina e L-carnitina, que auxiliam no funcionamento do músculo cardíaco, e possuem baixos teores de fósforo e sódio. "Os níveis dessas substâncias precisam ser controlados, pois o sódio pode gerar acúmulo de fluídos, e o fósforo em excesso pode gerar a sobrecarga dos rins e até uma doença renal, de tratamento muito mais complexo que uma doença cardíaca", diz o veterinário.
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Erika Gonçalves
 
Formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina em 1997. Apaixonada por bichos desde sempre, mas sem vocação para ser médica veterinária. Já teve um "zoológico" em casa quando criança. Está sempre buscando novidades sobre o comportamento animal. É repórter da Folha de Londrina.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE