24/11/17
32º/18ºLONDRINA
 -
 -
17/07/2017 - 00:13
Imprimir Comunicar erro mais opções


Apesar de ter dirigido um longa em 1991, o americano John Lee Hancock chamou a atenção de Hollywood ao escrever dois roteiros para Clint Eastwood: Um Mundo Perfeito e Meia-Noite no Jardim do Bem e do Mal. Depois, voltou a dirigir e se destacou em adaptações de histórias reais, como Um Sonho Possível, Walt nos Bastidores de Mary Poppins e este Fome de Poder. A partir de um roteiro de Robert Siegel, o filme conta a história de Ray Kroc (Michael Keaton), um vendedor que se une aos irmãos McDonald, Dick (Nick Offerman) e Mac (John Carroll Lynch), que desenvolveram um revolucionário sistema de comida rápida. Eis aqui a gênese do McDonald's, símbolo do capitalismo e conhecido hoje mundialmente. Keaton faz uso de todo seu talento e carisma para dar vida ao ambicioso homem de negócios que, com persistência e alguns métodos pouco ortodoxos, criou um império. A direção acadêmica de Hancock não abre espaço para a criatividade. Mas, deixa o elenco a vontade, em especial Keaton, que nos conduz por uma história que, dependendo do ponto de vista, pode ser bastante inspiradora.

FOME DE PODER (The Founder - EUA 2016). Direção: John Lee Hancock. Elenco: Michael Keaton, Nick Offerman, John Carroll Lynch, Linda Cardellini, B.J. Novak, Laura Dern, Justin Randell Brooke, Kate Kneeland e Patrick Wilson. Duração: 115 minutos. Distribuição: Netflix.
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Marden Machado
 
Escrevo, todos os dias, sobre um filme, complementando minha participação nos programas Light News (na rádio Transamérica Light FM - 95,1), na rádio CBN Curitiba (90,1 FM), no programa Caldo de Cultura (UFPR TV - canais 15 da NET, 71 da TVA ou via web no http://www.tv.ufpr.br/), e no canal http://www.youtube.com/cinemarden.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE