Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Uma moda triste

06 mai 2010 às 00:12
Continua depois da publicidade

Virou moda.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Depois que a Internazionale segurou o Barça na Liga dos Campeões sem passar do meio-campo, os técnicos brasileiros resolveram seguir à risca a cartilha milanista para segurar os adversários.

Continua depois da publicidade


Foi isso o que fizeram Vitória, Palmeiras e Flamengo na noie de hoje, com resultados diversos.


Como nenhum deles consegue se defender tão bem como a Inter, viram sua defesas serem vazadas mais do que desejariam.


Os baianos só não dançaram na Copa do Brasil porque o time do Vasco é um dos fortes candidatos ao rebaixamento no Brasileirão. Mesmo assim, precisaram contar com a ajuda da arbitragem - Rogério Roman não expulsou o goleiro Viáfara, no pênalti a favor do Vasco, o que obrigaria o Vitória a improvisar um jogador de linha no gol - para chegar à semifinal da Copa do Brasil.

Continua depois da publicidade


Pior fez o Palmeiras, que levou um gol solitário, em falha de Marcos - que, a exemplo do jogo de ida era o melhor em campo - e pouco tentou mudar o placar. Foi punido nos pênaltis, onde seus altletas conseguiram ganhar o torneio de incompetência, errando quatro de cinco cobranças, contra três falhas dos jogadores do Atlético Goianiense, zebra da vez na competição que gosta deste animal listrado.


E o Flamengo, que se salvou sabe-se lá porque de sofrer uma goleada já no primeiro tempo contra o Corinthians, quando limitou-se à defesa - e executou muito mal esta tática -, só mudou os rumos do jogo quando resolveu jogar m pouco de bola.


E só precisou de um gol, e da experssiva queda de rendimento do rivla, para avançar na Libertadores.


Competição que, cada vez mais comprovadamente, não é mesmo para o Corinthians. Que mesmo tendo um time muito melhor que o Mengo ficou novamente pelo caminho.


Assim, confirmaram-se minhas duas apostas de início de ano: de que o Fla não ganharia o Carioca e de que o Timão não conquistaria a América.


Saindo um pouco a moda, o Atlético Mineiro, mesmo jogando pelo empate, não repetiu o que fizeram outros clubes que tinham tal vantagem e por isso mesmo, pelo pouco que vi, o confornto com o Santos, vencido pelo Peixe, foi novamente de alto nível.


E pelo jeito o Grêmio também não limitou-se a segurar o resultado contra o Flu, ganhando pela segunda vez consecutiva e se garantindo na ``final antecipada´´ da Copa do Brasil, contra o Santos.


O mesmo se aplica ao Cruzeiro, que se garantiu entre os oito melhores da Libertadores com mais uma vitória sobre o Nacional.

Ainda bem que quem não seguiu a moda se deu melhor, na média, do que quem a seguiu à risca. Porque só o Vitória conseguiu o que queria com a retranca.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade