Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O sonho do alfaiate - Poema infantil de Isabel Furini

09 jun 2024 às 17:13
- Imagem gerada pela IA do Bing
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Cada ser humano tem um sonho, mas nem sempre os sonhos se realizam. Porém, algumas pessoas têm a possibilidade de trabalhar e realizar seus sonhos. Às vezes, é difícil, pois qualquer caminho exige dedicação e constância.

Poema infantil O sonho do Alfaiate.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Recomendável a partir dos 7 anos.

Leia mais:

Imagem de destaque

Francine Cruz lança livro de poemas para crianças

Imagem de destaque

O jardim da avó - Poema infantil de Isabel Furini

Imagem de destaque

Tique-taque (Poema infantil de Isabel Furini)

Imagem de destaque

Livrinhos e livrões - Poema infantil de Isabel Furini


O sonho do alfaiate

Publicidade

Era uma casa de chocolate,

todos achavam um disparate

Publicidade

ter pirulitos pelo jardim.

*

Publicidade

Era o dono um alfaiate.

Ele sonhava ser confeiteiro,

Publicidade

a esposa brigava o dia inteiro.

*

Publicidade

Ela sempre dizia:  Mário,

Pegue tesouras, fios e agulhas.

Publicidade

Você trabalha com vestuário!

*

Vivia triste e amargurado,

o coitado do senhor Mário.

Até que um dia teve coragem…

*

Mário deixou a alfaiataria

para sua querida sobrinha

e abriu uma confeitaria.

*

Fazia bolos de chocolate,

de creme, de milho e de morango.

Vendia cookies e bolos veganos

*

Sentia-se muito feliz, seu Mário.

Com amor doces e salgados fazia

e tinha uma boa freguesia.

Isabel Furini

Contato: [email protected]

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade