29/03/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Marden Machado
Marden Machado
16/02/2020 - 00:23
Imprimir Comunicar erro mais opções


Scott Z. Burns vem construindo desde 2006 uma sólida carreira como roteirista e produtor. Porém, apesar de ter dirigido alguns curtas e séries de TV, ainda não havia feito um longa-metragem. O Relatório, de 2019, que ele também escreveu, é sua estreia em longas. A história tem como ponto de partida os atentados terroristas nos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001. Isso provocou uma série de ações por parte da CIA que resultou em tortura e outros crimes que feriram princípios básicos de humanidade. Nesse contexto, temos o agente Daniel J. Jones (Adam Driver), que ao longo de sete anos se dedicou a analisar pilhas e pilhas de documentos que envolvem denúncias diversas de abusos praticados pela agência de inteligência do governo americano. O problema maior de O Relatório não é o tema que ele aborda e muito menos o desempenho de seu elenco. Nesse quesito, o filme é extremamente bem-sucedido. No entanto, até por conta disso, fica a sensação, pelo menos para mim, que faltou um pouco de coragem ao diretor/roteirista para ir mais fundo no vespeiro que ele se propôs a abrir. Esse é meu "relatório”.

O RELATÓRIO (The Report – EUA 2019). Direção: Scott Z. Burns. Elenco: Adam Driver, Annette Bening, Jon Hamm, Corey Stoll, Michael C. Hall, Maura Tierney e Victor Slezak. Duração: 119 minutos. Distribuição: Diamond Films/Amazon Prime.
COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Marden Machado
 
Escrevo, todos os dias, sobre um filme, complementando minha participação nos programas Light News (na rádio Transamérica Light FM - 95,1), na rádio CBN Curitiba (90,1 FM), no programa Caldo de Cultura (UFPR TV - canais 15 da NET, 71 da TVA ou via web no http://www.tv.ufpr.br/), e no canal http://www.youtube.com/cinemarden.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE