Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

LITERATURA E TEATRO - PALESTRA DE MAURÍCIO VOGUE

31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Qual a melhor maneira de levar literatura para os palcos? Professores, estudantes, literatos, artistas, futuros escritores e outros podem ter dúvidas sobre esse trabalho. O bate-papo informal com o ator, diretor e dramaturgo Maurício Vogue levantou questões importantíssimas sobre teatro, e de muita utilidade para pessoas interessadas em escrever. Filho, neto e bisneto de artistas – pode-se dizer que Maurício traz o teatro no sangue.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Em 30 de março, no Shopping Estação, Maurício falou para um público pequeno, mas cativo, sobre sua forma de trabalho e destacou que ele valoriza a liberdade e a criatividade.

Continua depois da publicidade


Uma professora, preocupada com a tarefa de montar peças de teatro na escola, perguntou sobre os caminhos que o diretor segue para montar um espetáculo. Maurício esclareceu que o trabalho é conjunto: primeiro é escolhida a obra, então o grupo lê e relê o texto. Mergulha nas páginas com a finalidade de entender o autor, sua filosofia, sua mensagem e a relação do texto com os acontecimentos da atualidade.


Para Maurício, a obra deve ter valor para a vida. Para ele, o teatro não pode ser considerado um simples entretenimento. Sua função é muito mais abrangente: o teatro deve questionar, provocar, informar – além de entreter e divertir.


O terceiro passo é a discussão. O grupo se reúne para discutir pontos de vista diferentes, sempre em um ambiente de respeito e camaradagem. Então chega o quarto passo: o improviso. São escolhidos os papéis e cada integrante do grupo improvisa as falas. As melhores são aproveitadas.

Continua depois da publicidade


Maurício esclarece que o trabalho de improviso é presenciado por um dramaturgo que terá a responsabilidade de escolher, mudar, acrescentar, eliminar... para que a obra adquira unidade e força e tenha sentido para os atores e para o público.


Ele esclareceu que qualquer obra literária pode ser levada aos palcos. Mas que algumas exigem muito trabalho e empenho. Também falou da preocupação de ser autêntico. A alma do artista deve estar comprometida com a arte.


Como consideramos a palestra importante, escrevemos este resumo das orientações do diretor Maurício Vogue. Não gravamos, nem tomamos nota, confiamos na memória – e esperamos não termos esquecido nada.


Maurício realizou trabalhos marcantes no teatro adulto e no teatro infantil, com as direções de "As Fabulosas Histórias do Menino Leonardo da Vinci", "O Grande Rei Leão" e "Shakespeare para Crianças". Como diretor de teatro infantil, recebeu cinco prêmios. Atualmente está apresentando a peça cômica: Ópera Atômica, em cartaz de quinta a domingo - dias 2, 3, 4, 5 de abril, às 21:00 horas - no teatro Regina Vogue.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade