26/11/20
PUBLICIDADE
Kick Off
Kick Off
07/11/2018 - 12:14
Imprimir Comunicar erro mais opções
Thierry Henry é um dos maiores jogadores da história da França, um atacante que sempre foi diferenciado. Durante a Copa do Mundo de 2006, ele foi o grande carrasco da Seleção Brasileira - no jogo de quartas de final (aquele que o Roberto Carlos ficou arrumando o meião na cobrança de falta) - com gol dele e baile de Zidane.

Na Copa do Mundo deste ano, como auxiliar técnico da Seleção Belga, ele foi destaque na delegação e cotado para dirigir clubes pelo mundo. Bem, finalmente a oportunidade chegou pelo time do Mônaco e a experiência até aqui tem sido catastrófica. Um vexame.

Até aqui, são 5 jogos, com 2 empates e 3 derrotas. São 4 gols feitos e 10 sofridos. Ontem, o ápice da vergonha: em seu primeiro jogo comandando o time pela UEFA Champions League, tomou uma sapatada de 4 a 0 do desconhecido Club Brugge em casa. O time é lanterna do grupo e já está fora da competição.








Vale dizer. O Mônaco tem 17 jogos na temporada e apenas 1 vitória. A pergunta é: valorizaram demais Henry ou a fase do clube também não ajuda?

E teve até gol brasileiro no baile de ontem no estádio Louis II.





Ah, a internet, claro, continua não perdoando


COMENTE ESTE POST

 Caracteres restantes : 2000
Kick Off
 
Os jornalistas Lucio Flávio e Victor Lopes trazem as novidades do futebol internacional e o que de melhor acontece no mundo da bola. Do Real Madrid ao Carabobo, além da presença dos jogadores brazucas nas ligas pelos quatro cantos do planeta, tudo vira notícia aqui de forma descontraída e interativa.



ARQUIVO
Mês
Ano
AVISO: Opiniões e informações contidas nos blogs hospedados nesta plataforma são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem os valores do Portal Bonde.
PUBLICIDADE
 
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados