Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Primeiro brasileiro no posto

Delegado brasileiro ganha eleição para comandar Interpol

Folhapress
25 jun 2024 às 14:54
- Reprodução/ Instagram
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O delegado da Polícia Federal Valdecy Urquiza venceu, nesta terça-feira (25), a eleição para ser indicado o próximo secretário-geral da Interpol. Dessa forma, ele deverá se tornar o primeiro brasileiro a assumir o principal posto na aliança internacional de forças policiais.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Escrito nas Estrelas

Como Lauana Prado rompe o conservadorismo que hoje domina a música sertaneja

Imagem de destaque
Apoio ao bioma

Força Aérea lança 336 mil litros de água para combater incêndios no Pantanal

Imagem de destaque
Entenda

Novo STJD negocia cargos e tem confusão com Textor como herança

Imagem de destaque
Cronologia das cotas na política

Cotas para mulheres e negros vêm da década de 1990 e foram ampliadas por TSE e STF

A eleição ocorreu no âmbito do Comitê Executivo da Interpol, em Lyon (França). A indicação do comitê agora deve ser ratificada pela Assembleia-Geral da organização, em novembro.

Publicidade


Urquiza é desde 2021 vice-presidente da Interpol para as Américas e chefe do Diretoria de Cooperação Internacional da PF.


O Brasil lançou a candidatura de Urquiza em setembro do ano passado.

Publicidade


No pleito, havia quatro candidatos. Em 100 anos de existência, a Interpol sempre foi dirigida por europeus e americanos. Urquiza recebeu um total de oito votos.


Em nota conjunta, os ministérios das Relações Exteriores e da Justiça destacaram que a" eleição do delegado Urquiza reflete a alta prioridade atribuída pelo governo brasileiro ao combate ao crime organizado transnacional, que tem na cooperação internacional, crescentemente, uma dimensão essencial".

Publicidade


"Representa, ademais, o reconhecimento, pela comunidade internacional, do profissionalismo e da competência da Polícia Federal brasileira no enfrentamento à criminalidade, bem como de sua relevante contribuição ao trabalho da Interpol", diz o comunicado.


O governo também ressaltou que a plataforma da candidatura de Urquiza centrou-se na "diversidade e modernização da Interpol, bem como no fortalecimento da transparência e da integridade da organização, com vistas a reforçar seu papel crucial na cooperação policial e no combate ao crime em todo o mundo".


LEIA TAMBÉM:


Imagem
Polícia investiga líderes sindicais que desviavam contribuições de funcionários em Londrina
A PCPR (Polícia Civil do Paraná) cumpre, na manhã desta terça-feira (25), sete mandados de busca e apreensão e três de prisão temporária contra uma associação criminosa que desviou cerca de R$ 3,6 milhões de contribuições de funcionários da saúde.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade