Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Governo diz que tomou 'medidas duras' para punir responsáveis por rompimento de barragens

Agência Estado
24 nov 2015 às 09:18
- Paulo de Araujo/ MMA
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, afirmou nesta segunda-feira, 23, que a presidente Dilma Rousseff está comandando pessoalmente todas as ações do governo federal para minimizar os danos "humanitários e ambientais" causados pelo rompimento das barragens da mineradora Samarco, em Mariana, Minas, no dia 5.

O ministro lembrou ainda que o governo já tomou "medidas duras" para punir as empresas responsáveis pelo acidente. "Independentemente das investigações, o governo já tomou medidas duras, porque é evidente que tem uma responsabilidade e essa responsabilidade tem de ser cobrada", disse.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Em visita a Governador Valadares, cidade mineira que enfrentou colapso no abastecimento de água à população em razão da poluição do Rio Doce, Dilma havia anunciado a aplicação de multa pelo Ibama contra a mineradora. A sanção preliminar atingiu o valor de R$ 250 milhões pelo dano à biodiversidade local e a presidente anunciou na oportunidade que outras punições ainda ocorrerão.

Leia mais:

Imagem de destaque
Durante sete anos

Pastor evangélico é preso suspeito de abusar de filhas gêmeas em Pernambuco

Imagem de destaque
Influenciada por alimentos e bebidas

Inflação cai para 0,21% em junho no Brasil, aponta IBGE

Imagem de destaque
Combate ao mosquito

Estratégia para combater Aedes com larvicida se torna política nacional

Imagem de destaque
Jogo simples custa R$ 5

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 9 milhões nesta quarta-feira


Nesta segunda-feira, o Comitê de Gestão e Avaliação de Respostas ao desastre voltou a se reunir no Palácio do Planalto. O grupo, coordenado pela Casa Civil, tem como objetivo acompanhar as ações para reverter o desastre ambiental nos Estados de Minas e do Espírito Santo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade