Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Em maio

INSS bloqueia desconto de mensalidade na aposentadoria após denúncias

Ana Paula Branco e Patrick Fuentes - Folhapress
12 abr 2024 às 13:15
- Marcelo Camargo/Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) vai bloquear, a partir de maio, os descontos de mensalidades em aposentadorias e pensões. A medida é uma resposta a denúncias de desconto de valor indevido nos benefícios feito por associações e sindicatos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Mais tragédias

MPT recebe denúncias de violações trabalhistas envolvendo enchentes

Imagem de destaque
LGBTfobia

Casais homoafetivos ainda enfrentam dificuldades e preconceitos para adotar crianças

Imagem de destaque
Santuário dos Elefantes

Elefanta de 52 anos morre por eutanásia após não querer mais se levantar

Imagem de destaque
Brasil

Desemprego tem alta em oito estados no 1º trimestre, diz IBGE

O procedimento foi comunicado à Dataprev (empresa de tecnologia do governo federal) na quarta (10). A empresa é a responsável pela movimentação na folha de pagamento dos beneficiários do instituto. A liberação só ocorrerá depois de ser implementado o sistema de biometria e assinatura eletrônica.

Publicidade


Segundo o instituto, todos os ACT (Acordos de Cooperação Técnica) com associações e entidades para desconto de mensalidade associativa feitos a partir de janeiro de 2023 vão passar por nova análise. Atualmente, 29 entidades têm acordo de cooperação com o INSS.


De acordo com a advogada Tonia Galleti, do Sindnapi (Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos), o bloqueio nas mensalidades, na prática, já começou. Isso porque as entidades enviam ao INSS a lista de beneficiários cujo desconto de mensalidade foi autorizado no benefício no início de cada mês.

Publicidade


Segurados que se associam após o dia 1º só seriam registrados no sistema da Dataprev no dia 1º do outro mês. Com a nova medida, a especialista entende que os últimos lotes e associados foram os de abril. Em maio, como o bloqueio tem início oficial, não haveria mais registro de aposentados.


A medida, no entanto, não impede o segurado de se associar a uma entidade organizada, que, em geral, oferece diversos benefícios aos aposentados, que vão desde desconto em consultas médicas a diárias mais em conta em hotéis e pousadas, mediante pagamento de mensalidade.

Publicidade


"Não quer dizer que as pessoas não possam ficar sócias, mas pelo INSS só poderão ficar sócias quando a Dataprev modificar o sistema para tornar mais seguro", afirma.


"Todo mundo que, hoje, já é sócio de alguma entidade, vai continuar sendo sócio, pagando a mensalidade por meio do desconto. Se a pessoa quer sair, seja porque decidiu sair, seja porque ela não fez a contratação e é uma fraude, ela pode, por meio do 135 do INSS, pedir a desfiliação, o cancelamento, ou na própria entidade ligar e pedir o cancelamento."

Publicidade


COMO FUNCIONA O DESCONTO DE MENSALIDADE NA APOSENTADORIA?


O aposentado ou pensionista que escolhe se associar a uma entidade representativa da categoria precisa assinar uma ficha de filiação e autorizar o desconto da mensalidade no benefício. Ele deve ficar atento ao valor a ser pago.

Publicidade


Segundo norma publicada em 15 de março, é possível descontar até 1% do teto do INSS, hoje em R$ 7.786,02, o que dá R$ 77,86 ao mês.


O desconto da mensalidade é feita todo mês, após registro nos sistemas da Dataprev e o segurado poderá usufruir dos benefícios oferecidos pela entidade escolhida por ele.

Publicidade


Reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que, após mudança as regras dos descontos de mensalidades em aposentadorias, segurados passaram a ser vítimas de golpes ou fraudes nos benefícios.


Em 15 de março, o instituto publicou instrução normativa sobre os acordos de cooperação técnica com as entidades e quais as normas a serem seguidas para descontar a contribuição de seus associados.


Dentre as principais estão a implementação de biometria para a celebração de novos contratos e o limite de cobrança de mensalidade sindical estabelecido em 1% do teto dos benefícios, hoje em R$ 7.786,02, o que dá R$ 77,86 ao mês.


O desconto de mensalidade tem de ser formalizado por termo de adesão, por meio de assinatura eletrônica avançada e biometria (para novos contratos), além da apresentação do documento de identificação oficial do segurado com foto e número do CPF.


COMO DEVERÁ SER LIBERADO O DESCONTO


A Dataprev está desenvolvendo uma plataforma exclusiva para colher os dados dos segurados interessados em se associar às entidades conveniadas e as informações dessas empresas;
O serviço estará disponível a partir de maio de 2024;


O aposentado ou pensionista que deseja se associar a uma das entidades conveniadas ao INSS terá que desbloquear seu benefício para que o desconto mensal seja feito;


Segundo informações iniciais do INSS, a entidade irá preencher o termo de adesão com os dados do associado e da filiação;


O documento será enviado ao associado para que ele registre sua assinatura eletrônica avançada e sua biometria facial.


O QUE FAZER EM CASO DE DESCONTO NÃO AUTORIZADO


O beneficiário que não reconhecer o desconto da mensalidade associativa em seu benefício pode requerer o serviço "excluir mensalidade associativa" pelo aplicativo ou site Meu INSS ou pela Central 135:


Entre no Meu INSS (site gov.br/meuinss ou aplicativo para celular);
Faça login com CPF e senha do Gov.br;
Vá em "Serviços", em "Mais acessados";
Clique no botão "Novo pedido";
Digite no campo de busca "Excluir mensalidade";
Clique no nome do serviço/benefício;
Leia o texto que aparece na tela e avance seguindo as instruções;
É possível ainda registrar uma reclamação na Ouvidoria do INSS, também na Central 135 ou pelo Meu INSS;


É importante registrar o ocorrido também no Portal do Consumidor; dependendo da quantidade de sanções da associação, a empresa pode ser suspensa e até ter o contrato rescindido com o INSS.


COMO BLOQUEAR OS DESCONTOS


É possível ainda bloquear o benefício para desconto de mensalidade associativa. Esse serviço também está disponível no Meu INSS. Siga os passos abaixo:


Acesse o Meu INSS (site gov.br/meuinss ou aplicativo para celular);
Faça o login pelo CPF e a senha da sua conta Gov.br;
No campo de pesquisa da página inicial, digite "solicitar bloqueio ou desbloqueio de mensalidade";
Na lista, clique no nome do serviço/benefício;
Leia o texto que aparece na tela e avance seguindo as instruções;


Outra alternativa é entrar em contato com a entidade para registro de reclamação e solicitação de estorno das contribuições realizadas de forma indevida.


VEJA A LISTA DE ENTIDADES CONVENIADAS AO INSS


Atualmente, 29 entidades têm ACT com o INSS:

Cobap - Confederação Brasileira dos Aposentados, Pensionistas e Idosos;
Contag - Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura;
Conafer - Confederação Nacional dos Agricultores Familiares Rurais e Empreendedores Familiares Rurais do Brasil;
Sintapi-CUT - Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos;
Sindnapi-FS - Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da Força Sindical;
Sindinapi -UGT - Sindicato Nacional dos Aposentados, Pensionistas e Idosos da União Geral dos Trabalhadores;
Riaam Brasil - Rede Ibero-Americana de Associações de Idosos do Brasil;
Sintraapi-CUT - Sindicato Nacional dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas e Idosos de Mogi Guaçu;
Unibap- União Brasileira de Aposentados da Previdência;
AAPB - Associação dos Aposentados e Pensionistas do Brasil;
Ambec - Associação de Aposentados Mutualista para Benefícios Coletivos;
Abrapps - Associação Brasileira de Aposentados e Pensionistas do Instituto Nacional de Seguridade Social;
Sinab - Sindicato Nacional dos Aposentados do Brasil;
Unaspub - União Nacional de Auxílio aos Servidores Públicos;
Universo - Associação dos Aposentados Pensionistas dos Regimes Geral e Próprio de Previdência Social;
Caap - Caixa de Assistência aos Aposentados e Pensionistas;
Cinaap - Círculo Nacional de Assistência dos Aposentados e Pensionistas;
Contraf - Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Brasil;
AP Brasil - Associação no Brasil de Aposentados e Pensionistas da Previdência Social;
Fitf/CNTT/CUT - Federação Interestadual dos Trabalhadores Ferroviários;
Amar Brasil - Amar Brasil Clube de Benefícios;
CBPA - Confederação Brasileira dos Trabalhadores da Pesca e Aquicultura;
Apdaprev/Acolher - Associação de Proteção e Defesa dos Direitos dos Aposentados e Pensionistas;
Cebap - Centro de Estudos dos Benefícios dos Aposentados e Pensionistas;
Abenprev - Associação de Benefícios e Previdência;
Asabasp - Associação de Suporte Assistencial e Beneficente para Aposentados, Servidores e Pensionistas do Brasil;
ABSP/Aapen - Associação Aposentados e Pensionistas do Brasil;
Masterprev - Master Prev Clube de Benefícios;
Unsbras - União dos Aposentados e Pensionistas do Brasil.


Imagem
Famílias aproveitam a tarde no parque de diversões da ExpoLondrina 2024
Famílias e estudantes de Londrina e região aproveitaram a tarde ensolarada da última quarta-feira (10) para se divertirem nas atrações do parque de diversões
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade