Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
33 MIL LITROS DE BEBIDAS APREENDIDOS

Três fábricas de bebidas são fechadas por irregularidades em Santa Catarina

Redação Bonde
01 dez 2023 às 18:27
- Divulgação/Mapa
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Em uma ação de fiscalização, auditores fiscais federais agropecuários do MAPA (Ministério da Agricultura e Pecuária) estiveram em indústrias de bebidas, localizadas no estado de Santa Catarina, para verificar a conformide dos estabelecimentos elaboradores de bebidas frente aos requisitos de BPD (Boas Práticas de Fabricação)


A operação constatou sérias irregularidades em algumas empresas, levando ao fechamento de três fábricas que não apresentaram condições mínimas de produção, representando risco iminente à saúde pública. Outras 12 fábricas foram intimadas para implementação dos controles de produção e dos procedimentos em conformidade aos requisitos de BPF.   

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Durante a ação, foram apreendidos 33.134 litros de bebidas, incluindo sucos de laranja, néctares de laranja e uva, vinhos e bebidas alcoólicas mistas, em razão de indícios de adulteração e outras irregularidades. Também foram apreendidos aditivos, coadjuvantes de tecnologia, extratos vegetais vencidos ou sem procedência e rótulos irregulares que possuem alegações que podem induzir os consumidores ao engano sobre sua composição, origem e natureza. Amostras dos produtos foram colhidas e serão analisadas pelo LFDA (Laboratório Federal de Defesa Agropecuária) do MAPA.   

Leia mais:

Imagem de destaque
Redução na taxa

Desmatamento na Amazônia cai 60% em janeiro deste ano

Imagem de destaque
Após cirurgia

Morre, aos 84 anos, o economista Affonso Celso Pastore, que presidiu o BC nos anos 1980

Imagem de destaque
Estrategia de marketing

Procon-SP pede explicações do McDonalds por sumiço do McFish

Imagem de destaque
Aposta simples a R$ 5

Mega-Sena acumula e premiação vai a R$ 97 milhões na quinta-feira (22)


As empresas fechadas serão submetidas a um processo administrativo e só poderão retomar suas atividades após sanar todas as irregularidades identificadas e receber a devida autorização do Ministério da Agricultura. Além disso, as indústrias que foram alvo da fiscalização serão monitoradas para garantir a conformidade contínua com as normas estabelecidas.  


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade