25/02/20
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Arthur

Repórter da ESPN agradece amigos e clubes por apoio após morte de filho

O repórter da ESPN Mendel Bydlowski agradeceu neste sábado (11), em publicação em sua conta no Instagram, pelo apoio recebido após a morte de seu filho Arthur Loyola Bydlowski, 5, ocorrida no dia anterior.

O garoto caiu de uma janela do quinto andar de um prédio em Guarujá, no litoral paulista. A perda trágica por parte do jornalista esportivo gerou uma onda de solidariedade de amigos e de clubes brasileiros.


"Acho que o lugar do Arthur não era aqui. É nisso que me apego nesse momento. Estou com um sentimento de vazio absurdo, mas estou em paz para cuidar da minha esposa e do meu filho mais novo", escreveu Mendel.

Na ESPN, o narrador Paulo Andrade abriu a transmissão do jogo entre Crystal Palace e Arsenal, a primeira da emissora neste sábado, dedicando toda a programação do dia ao amigo. "Dia muito difícil, tudo que levarmos ao ar com nossos esforço e cuidado, tudo é dedicado ao nosso amigo Mendel e à sua família. Não dá para ser diferente, é tudo para vocês", disse, emocionado. Outros companheiros de trabalho, além de clubes e fãs, fizeram coro nas redes sociais.

A queda do menino ocorreu por volta das 16h40 em um prédio localizado na avenida Marechal Deodoro da Fonseca, 1.240, esquina com a Rua Rio de Janeiro, no bairro Pitangueiras, um dos mais conhecidos da cidade. A polícia investiga o caso.

Logo após o acidente, Artur foi socorrido e encaminhado para o Hospital Santo Amaro, mas não resistiu aos ferimentos e teve morte confirmada no fim da tarde. Ele chegou ao hospital já em parada cardiorrespiratória. Os médicos tentaram manobra de ressuscitação, mas não obtiveram sucesso.

No local do acidente, estiveram ainda a Polícia Militar, Bombeiros, Defesa Civil e a Guarda Civil Municipal.

Veja o texto do repórter Mendel Bydlowski na íntegra:

"Eu quero agradecer.
Do fundo do meu coração, quero agradecer.
A solidariedade das pessoas que rezaram na praia em frente ao prédio, o empenho do médico e da enfermeira que prestaram o primeiro atendimento, a atenção dos policiais, bombeiros, pessoal do SAMU e do hospital. Todos fizeram o que podiam.
Quero agradecer o apoio da ESPN e as mensagens de colegas, amigos, gente que me conhece da televisão, gente que nunca me viu, clubes, assessores, jogadores.
Tudo isso está sendo muito importante para toda a minha família.
Quem conheceu o Arthur ou quem já me ouviu falar sobre ele, sabe o quanto esse garoto é iluminado. Sem um pingo de maldade, muito carinhoso, meigo, amoroso.
Eu vivia com medo, imaginando como ele iria enfrentar esse mundo em que vivemos, com essa pureza dele.
No ano passado, ele juntou em um cofrinho moedas que sobravam de compras que a gente fazia.
Falamos que ele podia comprar um presente no fim do ano com esse dinheiro, mas ele teve outra ideia.
Mandou mensagens para toda a família e disse que, quem se comportasse bem, ganharia um sorvete pago por ele no fim do ano.
Ele cumpriu a promessa e todos ganharam sorvetes.
Foi também uma despedida para todos.
Acho que o lugar do Arthur não era aqui. É nisso que me apego nesse momento.
Estou com um sentimento de vazio absurdo, mas estou em paz para cuidar da minha esposa e do meu filho mais novo.
Obrigado, Arthur."

Ver essa foto no Instagram

Eu que agradecer. Do fundo do meu coração, quero agradecer. A solidariedade das pessoas que rezaram na praia em frente ao prédio, o empenho do médico e da enfermeira que prestaram o primeiro atendimento, a atenção dos policiais, bombeiros, pessoal do SAMU e do hospital. Todos fizeram o que podiam. Quero agradecer o apoio da ESPN e as mensagens de colegas, amigos, gente que me conhece da televisão, gente que nunca me viu, clubes, assessores, jogadores. Tudo isso está sendo muito importante para toda a minha família. Quem conheceu o Arthur ou quem já me ouviu falar sobre ele, sabe o quanto esse garoto é iluminado. Sem um pingo de maldade, muito carinhoso, meigo, amoroso. Eu vivia com medo, imaginando como ele iria enfrentar esse mundo em que vivemos, com essa pureza dele. No ano passado, ele juntou em um cofrinho moedas que sobravam de compras que a gente fazia. Falamos que ele podia comprar um presente no fim do ano com esse dinheiro, mas ele teve outra ideia. Mandou mensagens para toda a família e disse que, quem se comportasse bem, ganharia um sorvete pago por ele no fim do ano. Ele cumpriu a promessa e todos ganharam sorvetes. Foi também uma despedida para todos. Acho que o lugar do Arthur não era aqui. É nisso que me apego nesse momento. Estou com um sentimento de vazio absurdo, mas estou em paz para cuidar da minha esposa e do meu filho mais novo. Obrigado, Arthur.

Uma publicação compartilhada por Mendel Bydlowski (@mendelbyd) em


Folhapress
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Humor e política

Adnet desfila na Sapucaí fantasiado de Bolsonaro

Diversão no Carnaval

Bloco Bafo Quente encerra folia de rua de Londrina nesta terça

Programe-se!

Confira o que abre e fecha no Carnaval em Londrina

Chuva na folia

Último dia de Carnaval começa chuvoso em Londrina

Veja mais e a capa do canal