Pesquisar

Canais

Serviços

Denunciado pelo MP

Sargento é acusado de estuprar sete mulheres

Redação Bonde
08 mai 2012 às 17:00
Continua depois da publicidade

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) ofereceu denúncia na 4ª Vara Criminal de Belo Horizonte contra um policial militar acusado de estuprar sete mulheres e de tentar estuprar outras duas em Belo Horizonte, Contagem e Betim, na Região Metropolitana. O sargento está detido desde o dia 8 de março, na Academia de Polícia Militar, em Contagem. O MPMG requer que o acusado seja condenado com base nos artigos 213, 14, 71 e 225, parágrafo único, na forma do artigo 69, do Código Penal.

Continua depois da publicidade

Os fatos foram apurados pelo Ministério Público e pela Corregedoria da Polícia Militar. A promotora de Justiça Juliana Pedrosa Silva ofereceu a denúncia com base nos relatos das vítimas. Elas informaram que ele agia usando um Fusca de cor clara e o reconheceram, por meio de foto - no âmbito do Procedimento de Investigação Preliminar instaurado na Corregedoria da Polícia Militar -, e, pessoalmente, na fase do Inquérito Policial.

Continua depois da publicidade


Durante as investigações, a Polícia Militar identificou o Fusca e constatou que as informações sobre o veículo e o sargento lotado na Orquestra Sinfônica da Academia de Polícia Militar coincidiam com as descrições feitas pelas vítimas.


O comandante do 33º BPM solicitou à Academia de Polícia Militar que fotografasse o veículo, que se encontrava no pátio da Academia. Essas fotos, os boletins de ocorrência e os relatos das vítimas foram encaminhados à Corregedoria da Polícia Militar, que instaurou o Relatório de Investigação Preliminar (RIP), por meio do qual comprovou o envolvimento do acusado.
A pedido do Ministério Público, foi decretada a prisão preventiva do acusado e determinada a apreensão do Fusca.

Continua depois da publicidade


Em um Ford Fiesta, também do sargento, foram apreendidos produtos relacionados aos crimes como seis munições de calibre 38; um net book; dezenas de CDs e DVDs - alguns de conteúdo pornográfico; preservativos; cortesias de motéis; roupas, chapéu, revistas de conteúdo sexual; um sutiã e um par de brincos de argola, além de duas notificações de trânsito.

Já no armário pessoal do militar, no alojamento dos integrantes da Orquestra Sinfônica, foram encontrados três munições de calibre 9mm; par de algemas; estilete; canivete; CDs e DVDs, inclusive com conteúdo pornográfico; revistas pornográficas; três disquetes; DVD com o título "A Tendência Nazista"; livro intitulado "Sexo"; preservativos; sacolas com produtos de sexy shop; três aparelhos celulares; luvas descartáveis de borracha; chapéu e roupas; peruca ruiva; dois brincos; prendedor de cabelo, DPVAT em nome de uma das vítimas; fotos 3x4 de mulheres e álbum de fotografia. (com informações do Ministério Público de Minas Gerais)


Continue lendo