Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
DECISÃO DOS VEREADORES

Comissão Processante contra Mara Boca Aberta será votada nesta quinta em Londrina

Douglas Kuspiosz - Grupo Folha de Londrina
27 fev 2024 às 17:39
- Douglas Kuspiosz/Folha de Londrina
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os vereadores de Londrina vão votar, nesta quinta-feira (29), se abrem ou não uma CP (Comissão Processante) contra a parlamentar Mara Boca Aberta (sem partido). A defesa da vereadora foi protocolada no último dia 15.


A parlamentar enfrenta três representações no Legislativo. A mais antiga é a de n° 6/2021, assinada pela enfermeira Regina Maria Amâncio. Ela acusa a vereadora de nepotismo por, supostamente, ter contratado como assessora de gabinete a sua nora. Essa denúncia foi arquivada ainda em 2021, mas foi reaberta e acatada pela CML.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Já as outras duas representações são de 2023. O jornalista José Antônio Pedrialli assina a de n° 1/2023, que acusa a vereadora de quebra de decoro parlamentar ao apresentar emenda ao PL (Projeto de Lei) n° 224/2021 - alterador da Lei da Cidade Limpa - “para benefício próprio”; a última é a representação de n° 2/2023, de João Miguel Fernandes Filho, por “possível ato criminoso diante da Justiça Eleitoral", "malversação de recursos públicos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha e abuso de poder em campanha eleitoral” e "favorecimento pessoal de terceiro nomeado como assessor parlamentar da vereadora".

Leia mais:

Imagem de destaque
12P/Pons-Brooks

'Cometa do Diabo' poderá ser visto no Brasil neste domingo; veja dicas para observar

Imagem de destaque
Nova Friburgo

Professora grampeia bilhete em uniforme de criança de 5 anos no Rio

Imagem de destaque
Santo das causas impossíveis

Festa de Santo Expedito será promovida neste sábado e domingo em Apucarana

Imagem de destaque
Fluxo grande de visitantes

CMTU credencia ambulantes para a venda em cemitérios no Dia das Mães


Em entrevista à FOLHA, Mara diz que “voto é político” e que sua expectativa “não é tão boa” para a votação no plenário. “Politicamente, eu não sou vista como Mara; sou vista como Boca Aberta [fazendo referência ao marido, Emerson Petriv, que é ex-deputado federal]”, pontuando que é uma vereadora atuante, mas que alguns “me acham política”.


Mara nega qualquer irregularidade nos três casos. Na acusação de nepotismo, ela diz que a denúncia já foi arquivada pela Mesa Executiva, em 2021, e pelo Judiciário. “A segunda, da Lei Cidade Limpa, nem sequer minha emenda passou”, aponta. “E a terceira não diz nada a respeito da Câmara. Minhas contas [da última eleição, em 2022] foram aprovadas. Tudo certo com a Justiça Eleitoral.”


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA

Imagem
Denúncia contra Mara será votada na quinta-feira (29)
Vereadores vão decidir se abrem ou não uma Comissão Processante contra a vereadora
Imagem
Lei do Sistema Viário é debatida em audiência pública na Câmara de Londrina
A Lei do Sistema Viário de Londrina foi discutida em uma audiência pública na noite de segunda-feira (26) na CML (Câmara Municipal de Londrina).
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade