Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Saiba mais

Inscrições abertas para a 1ª Semana de Defesa Pessoal para Mulheres em Londrina

Redação Bonde com N.Com
20 jan 2022 às 12:05
Continua depois da publicidade

A partir do dia 24 de janeiro, acontece a 1ª Semana de Defesa Pessoal para Mulheres, com o objetivo de orientar e propiciar às mulheres noções básicas de artes marciais para prevenção e defesa em situações de violência. Segundo a Prefeitura de Londrina, serão três aulas, nos dias 24, 26 e 28 de janeiro, no COM (Centro de Oficinas para Mulheres), situado na rua Valparaíso, s/n, sala 03, no parque Guanabara.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

 

Continua depois da publicidade

As inscrições estão abertas e são gratuitas, podendo ser realizadas pelo número de WhatsApp (43) 99945-0056. Qualquer mulher moradora de Londrina pode participar.

 

As vagas, no entanto, são limitadas. Serão três turmas com oito integrantes cada, no máximo, que participarão das atividades. Cada grupo receberá as instruções nos dias 24 e 26, em horários diferentes. No dia 28, todas as alunas se reunirão para uma grande aula, em que poderão trocar experiências, relembrar e fixar técnicas aprendidas.

Continua depois da publicidade

 

As aulas pretendem prevenir mulheres de situações que envolvam perigo as façam vítimas de violência. A capacitação será ministrada por Lucas Fabrício Gomes, professor e faixa preta de jiu-jitsu, integrante da equipe Horse Jiu-Jitsu Team há cerca de 15 anos e também praticante de kickboxing da equipe JFT.

 

Segundo o professor, as artes marciais hoje têm uma procura alta pelas mulheres, propiciando, além de uma excelente e saudável atividade física, trabalhar a mente e, no caso do jiu-jitsu, permitir a chance de defesa a agressões masculinas. “Sob essa perspectiva, trata-se de um esporte bem democrático e de amplas possibilidades. Ao trabalhar, por exemplo, com movimentos e alavancas que exigem esforço físico mínimo, permite um equilíbrio de forças entre uma mulher e um homem, ou entre uma pessoa teoricamente mais fraca e outra mais forte fisicamente. O jiu-jitsu tem sua gênese na defesa pessoal e, sem sombra de dúvidas, uma das coisas que mais me encanta na arte suave é que ela possibilita a atuação de todos, independentemente de perfil corporal ou limitações. Nesse curso, mostraremos às mulheres noções básicas e aplicação de técnicas que podem ser utilizadas em situações de risco”, enfatiza.

 

A psicóloga e diretora de Empreendedorismo e Ações Educativas da SMPM (Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres), Lisnéia Rampazzo, reforçou que as aulas têm como intuito permitir que as mulheres estejam melhor preparadas para evitar, por exemplo, tentativas de agressões ou abusos. “É necessário criar espaços de aprendizado para que elas possam se prevenir em momentos de perigo em todos os contextos de suas vidas”, frisa.


Sobre as aulas

 

A primeira atividade, no dia 24 de janeiro, vai trazer uma introdução sobre defesa pessoal, o que incluirá aspectos como a análise de situações de risco e prevenção; autocontrole e racionalização sobre o problema concreto, além de busca por saídas que evitem o embate físico.

 

Já o encontro do dia 26 terá como finalidade abordar situações de violência contra a mulher que envolvam crimes contra a dignidade sexual. Essa atividade é focada para quando a vítima se encontra caída e com o seu agressor por cima, atacando-a. As participantes terão contato com as premissas do jiu-jitsu voltadas ao controle emocional para a aplicação efetiva de inversões de posições, por meio da observação dos pontos de equilíbrio do agressor, que facilitam a execução da saída. Serão explicados também os mecanismos mais eficazes de estrangulamentos e suas defesas, além das chamadas “chaves” de articulações.

 

A aula do dia 28, que encerra a 1ª Semana de Defesa Pessoal para Mulheres, reunirá todas as mulheres participantes nas turmas orientadas anteriormente. Na atividade, ocorrerá uma troca de vivências das duas primeiras aulas, reforçando os ensinamentos dados para melhor aplicação das técnicas de defesa.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade