16/06/21
PUBLICIDADE
Moedas virtuais

Cresce aceitação das criptomoedas como forma de pagamento de bens e serviços

iStock
iStock


Moedas virtuais saem das telas e invadem o mundo real


A criptomoeda vai ganhando mais e mais adeptos. A moeda virtual tem se valorizado cada vez mais e conquistado o público. Lojas, serviços e até mesmo pessoas físicas passaram a aceitar o bitcoin como forma de pagamento. É possível também criar um cartão virtual com bitcoin e usar em várias moedas, como por exemplo, o dólar ou o euro. É possível também até adquirir um cartão físico para gastar a moeda virtual.

Sistemas de pagamento online também começam a aceitar moedas virtuais, como bitcoin, ether ou litecoin. Assim, usuários podem pagar por bens e serviços facilmente usando as criptomoedas acumuladas. Algumas empresas estão até excluindo as taxas de transação nas compras, facilitando o processo. As criptomoedas vão deixando de ser um ativo para serem usadas em transações no mundo real.

As moedas virtuais foram criadas, inicialmente, para serem usadas em mercados negros. A primeira transação foi enviada de uma pessoa para outra. A moeda nasceu como alternativa às moedas reais emitidas pelos governos. Assim, as moedas virtuais começaram a ser usadas para transferência de dinheiro de uma pessoa para outra ao redor do mundo, sem intermediários.

Quem pesquisar o valor do bitcoin hoje vai se deparar com um número astronômico. A moeda virtual foi se valorizando cada vez mais. A consistente alta levou as moedas digitais a alcançarem novos patamares. Somente em 2020 o bitcoin rendeu 293% em dólar. No momento, ela rompe as telas para transações do mundo real e vai conquistando cada vez mais um número maior de pessoas.

Empresas de pagamento como a PayPal e a Visa já incorporaram as moedas virtuais. A tecnologia vai mudando a forma como as pessoas lidam com o dinheiro. A maioria nem tem mais na carteira notas e moedas. Os cartões e as transições virtuais já se tornaram a forma mais comum de gastar dinheiro. As moedas virtuais reafirmam essa disposição e até abrem caminhos para as transações eletrônicas.

Com a pandemia do novo coronavírus, as pessoas passaram a fazer tudo através de aparelhos eletrônicos e aparatos digitais. As criptomoedas entram nesse cenário como uma nova possibilidade na hora de realizar uma compra por um bem ou serviço ou uma transação financeira.

Muitas moedas digitais vão surgindo, e a aceitação delas cresce de maneira sólida. O espaço cibernético vai se conectando com o mundo real. Os governos se preocupam com a ascensão de moedas virtuais alternativas e a falta de regulamentação sobre elas. Enquanto isso, grandes empresas como Microsoft, Subway e Starbucks já aceitam o pagamento por seus produtos feitos com a moeda virtual. Pequenos comerciantes também entraram na onda e começaram a aceitar pagamentos por criptomoeda. Parece que as moedas virtuais vieram para ficar, lançar tendência e revolucionar a economia.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
Continue lendo
No Twitter

Toffoli nega liminar para Bolsonaro desbloquear site de notícias

15 JUN 2021 às 18h43
conscientização

Disque Idoso Paraná ajuda Governo a dar proteção a pessoas com 60 anos ou mais

15 JUN 2021 às 17h29
Pandemia

Governo avalia criar assistência para órfãos do coronavírus

15 JUN 2021 às 16h55
Pior seca da história

Incentivo para consumo de luz fora do horário de pico pode começar em julho

15 JUN 2021 às 16h46
Envio de uma tripulação à lua

Governo assina acordo para apoiar programa da Nasa que prevê nova missão à Lua em 2024

15 JUN 2021 às 16h25
Maior competitividade

Câmara aprova projeto que aumenta vida útil dos táxis de Londrina

15 JUN 2021 às 15h46
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados