Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Em negociação

Grupo Silvio Santos vai vender maior parte das ações da Jequiti para Cimed

Gabriel Vaquer - Folhapress
18 jun 2024 às 09:45
- Reprodução SBT
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Grupo Silvio Santos decidiu vender a maioria das ações da Jequiti Cosméticos, uma de suas marcas mais conhecidas. Fundada em 2006, a empresa vende perfumes e maquiagem a preços populares.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Comércio de Londrina

Com promoções, lojistas festejam o Dia da Duque à espera da revitalização

Imagem de destaque

Paraná passa RS e se consolida como maior produtor de malte do Brasil

Imagem de destaque
Apostas até as 19h

Mega-Sena sorteia prêmio de R$ 53 milhões neste sábado

Imagem de destaque
Veja quais

Cade abre investigação sobre condutas anticompetitivas de montadoras de carros de luxo

A compradora será a Cimed Farmacêutica, quarta maior do setor no Brasil e dedicada à produção de medicamentos, antibióticos, vitaminas, hormônios e similares.

Publicidade


O negócio deve ser anunciado nas próximas semanas, por valor ainda não definido. As partes também negociam a porcentagem da venda.


O que se sabe é que ela dará à compradora maior poder de decisões no conselho da empresa, algo que o Grupo Silvio Santos deseja. A Cimed deve adquirir algo em torno de 50% a 70%.

Publicidade


O Grupo Silvio Santos seguirá com participação e vai ajudar a Jequiti a se manter relevante na mídia, expondo novos produtos que serão lançados. A marca vai aparecer em programas e intervalos comerciais do SBT.


A decisão de venda ocorreu por que o Grupo Silvio Santos entendeu que necessitava de um sócio para aumentar investimentos em um mercado competitivo.


A Jequiti Cosméticos está presente em todo o território brasileiro por meio de 260 mil consultoras. A empresa é conhecida por lançar perfumes de artistas, como Celso Portiolli, Carlinhos Maia e Larissa Manoela. Nos últimos anos, porém, houve uma queda no número de vendas. O fato também pesou para o negócio.


Imagem
UEL recebe nesta segunda mais de 2.800 novos alunos para o ano letivo de 2024
Com um sorriso de orelha a orelha e um abraço em cada um dos veteranos, Jéssica Borges, 23, chegou à UEL (Universidade Estadual d
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade