Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Acordo fechado

Acaba a greve na Secretaria de Agricultura

Maigue Gueths - Redação Bonde
06 jun 2012 às 12:56
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Depois de sete dias em greve, os 290 servidores da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab) decidiram, em assembleia realizada na tarde de terça-feira (5), aceitar a nova contra-proposta apresentada pelo governo e retornar ao trabalho.

A greve reunia os funcionários não vinculados á Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Eles afirmam que a criação recente da agência provocou uma disparidade entre os salários pagos a quem já era da Secretaria e aqueles que irão trabalhar na autarquia. Com a nova situação, apenas os 640 servidores do Departamento de Fiscalização (Defis), que foram absorvidos pela Adapar receberão adicionais no salário, que variam de R$ 905 a R$ 2,4 mil. Já os outros profissionais de outros setores, mesmo exercendo funções semelhantes, continuam com o salário do quadro geral da Seab.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Por isso eles reivindicavam gratificação de R$ 450,00 para Agente de Apoio (AA), R$ 850,00 para Agente de Execução (AE) e R$ 2.250,00 para o cargo de Agente Profissional (AP). Pela proposta apresentada, os funcionários receberão gratificação para as três carreiras, de R$ 450,00, R$ 670,00 para Agente de Execução (AE) e de R$ 1.750,00 para Agente Profissional.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC

Os valores acordados passam a vigorar a partir deste mês. O secretário da Agricultura Norberto Ortigara também se comprometeu junto aos grevistas a enviar à Assembleia Legislativa, após o recesso de julho, projeto de lei referente às gratificações.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade