Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Avaliação

Alencar defende queda de juros para estimular crescimento

Agência Estado
28 out 2009 às 15:42
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O vice-presidente da República, José Alencar (PRB), defendeu nesta quarta-feira, 28, a redução dos juros básicos da economia para estimular o crescimento do País. Para Alencar, embora a crise econômica tenha viabilizado a queda da taxa básica da economia, a Selic, a um dígito (8,75%), os juros para o crédito ao consumidor nos bancos e no comércio ainda é alto.

"A situação da economia brasileira vai muito bem, apesar dos juros básicos que são muito altos. O sistema de juros tem que mudar, porque as atividades não conseguem remunerar o custo de capital no Brasil. Enquanto isso não acontece, é claro que o crescimento fica prejudicado", afirmou Alencar, depois de participar de uma cerimônia na Associação Comercial do Rio de Janeiro. Ele recebeu o título de sócio emérito da instituição.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


O vice-presidente fez coro com o presidente Lula, que reagiu ontem à alta aumento da taxa média de juros e do spread bancário no mercado financeiro chamando os juros cobrados no cheque especial são "quase um assalto".

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC

"Queremos que as pessoas estejam sempre em condições de consumir e comprar o que precisam. Para isso, as taxas de juros precisam cair. O consumidor não pode ficar pagando essa taxa que paga. Isso atrapalha o desenvolvimento do País", afirmou Alencar.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade