Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Prévia de fevereiro

Alta do ônibus continua aumentando inflação em Curitiba

AEN
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

A inflação em Curitiba, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), foi de 0,35% na primeira prévia de fevereiro. O índice refere-se aos últimos 30 dias terminados em 07 de fevereiro. O cálculo foi realizado pelo Ipardes (Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social). O índice acumulado do ano variou em 0,74% e dos últimos 12 meses em 5,26%.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A tarifa de transporte coletivo urbano continuou sendo o item de maior influência no resultado final da inflação, sendo responsável por 78% do índice. A queda nos preços de automóveis de passeio nacional zero quilômetro e conserto de veículos impediram que o índice geral fosse maior.

Continua depois da publicidade


Dentre os itens pesquisados, os que mais influenciaram, da ordem da maior para a menor contribuição foram: tarifa de ônibus urbano (12,92%), psicólogo e fisioterapeuta (13,91%), curso fundamental de 1º a 8º séries (6,88%), automóvel de passeio nacional zero quilômetro (-1,92%), conserto de veículos (-3,80%), batata-inglesa (28,84%), cursos de idioma e informática (10,59%), plano de saúde (2,89%), curso pré-escolar (9,61%) e curso superior (5,67%).

Para o cálculo da inflação, o Ipardes coleta, mensalmente, em Curitiba, cerca de 60 mil preços de produtos consumidos por famílias que possuem renda mensal que varia de 1 a 40 salários mínimos, ou seja, que ganhavam de R$ 415,00 a R$ 16.600,00.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade