Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Por 48 horas

Após demissões, empregados da Bosch param

Agência Brasil
29 jun 2009 às 12:00
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os trabalhadores da Bosch, fábrica da Cidade Industrial de Curitiba, decidiram em assembleia na manhã desta segunda-feira (29) paralisar as atividades por 48 horas, em protesto contra a instabilidade dos empregos e as demissões de 900 funcionários, anunciada no último dia 18. Os empregados estavam em licença remunerada.

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC), a categoria reprovou por unanimidade a proposta de indenização apresentada pela empresa na última sexta-feira (26), no Ministério Público do Trabalho.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A Bosch informou que adotará os procedimentos legais para garantir, o mais breve possível, o acesso dos colaboradores que desejarem retornar ao trabalho. A empresa está avaliando as próximas ações e aguarda a posição dos trabalhadores do segundo turno, que deverão voltar ao trabalho às 14 horas.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC


A última proposta da Bosch, conforme o sindicato, é de que os demitidos que tenham até 15 anos de empresa recebam um salário-base e meio. Entre 15 e 20 anos, a indenização seria de dois salários-base. Quem tem mais de 20 anos de Bosch, o valor da indenização seria de dois salários-base e meio.

Na assembleia, que o sindicato avalia a presença de 2 mil pessoas, entre elas a de funcionários demitidos, foi aprovada uma contraproposta, de que as dispensas sejam canceladas e que seja dada uma estabilidade de um ano para todos os funcionários.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade