Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Crise

Concordata da GM não é inevitável, diz presidente

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O novo presidente da General Motors, Fritz Henderson, disse hoje que a concordata da companhia não é inevitável.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Em entrevista à rede NBC, ele afirmou que a GM pretende cumprir as demandas estabelecidas pelo governo Obama a fim de se reestruturar. "Nós planejamos fazer o serviço, e nossa preferência é que seja fora de um processo de concordata. Mas, se não for possível, faremos dentro", disse Henderson.

Continua depois da publicidade

As informações são da Dow Jones. (Gerson Freitas Jr.)


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade