Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Levantamento

Curitiba lidera alta no emprego no comércio em capitais

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O comércio de Curitiba voltou a registrar aumento do número de novas vagas em março. Levantamento da Prefeitura de Curitiba, feito pelo Observatório do Trabalho, mostra que o setor ganhou 688 novas vagas (alta de 0,52%), resultado de 8.571 contratações e 7.883 demissões. Foi o maior saldo e a maior variação do emprego entre as capitais no período.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Com esse resultado, o comércio em Curitiba atinge a marca de 133.856 postos de trabalho com carteira assinada — 22,18% dos empregados com carteira assinada (CLT) do município. Esse nível equivale ao volume de emprego no setor existente em outubro de 2008, pouco antes que os impactos da crise financeira provocassem as primeiras demissões.

Continua depois da publicidade


De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, fonte das informações, a variação de empregos no comércio de Curitiba foi proporcionalmente superior à do Paraná no mesmo período (1.191 vagas e alta de 0,24%) e na região metropolitana (797 vagas e alta de 0,44%).


A variação percentual acumulada no ano é de 0,36%, com um saldo de 478 vagas. Em número de admitidos, o ano de 2009 foi o segundo maior da série histórica iniciada no ano 2000, com 22.864 postos. Nos últimos 12 meses (abril de 2008 a março de 2009), foram criados 5.574 novos empregos, o que representou uma variação de 4,36% sobre o estoque anterior.

Os subsetores do comércio que obtiveram os melhores resultados em março de 2009 foram comércio varejista não-especializado (438 vagas), comércio de veículos automotores (102 vagas) e comércio varejista de artigos culturais, recreativos e esportivos (62 vagas).


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade