Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Cotação

Dólar comercial abre em alta de 0,78% a R$ 1,94

Agência Estado
04 jun 2009 às 20:58
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O dólar comercial abriu em alta de 0,78% hoje, cotado a R$ 1,94 no mercado interbancário de câmbio. Na última sexta-feira (dia 12), a moeda norte-americana fechou em baixa de 1,33%, a R$ 1,925. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista abriu em alta de 0,73%, a R$ 1,94.

No mercado doméstico de câmbio, a perspectiva é de que o dólar siga a trajetória de alta ditada no exterior, com o real perdendo valor ante a moeda norte-americana hoje. Até porque, na última sexta-feira (dia 12), com liquidez reduzida devido ao feriado na véspera, os investidores descolaram o rumo doméstico dos negócios com dólar do que foi visto no exterior.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


No Brasil, a moeda norte-americana perdeu valor, enquanto lá fora a alta foi generalizada. Para isso, pesou a perspectiva de entrada de recursos associada à já anunciada emissão de ações da Visanet e à prevista captação da Perdigão, além da perspectiva de emissões de bancos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC

Na agenda do dia, vale ficar de olho nos dados da balança comercial, que têm sido bons e colaboram para alimentar a avaliação dos analistas de que os fluxos de recursos continuarão favoráveis ao País. Os números previstos para hoje são referentes à segunda semana de junho (dias 8 a 12, com quatro dias úteis). Vale registrar ainda que hoje tem vencimento de opções sobre ações na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), o que pode respingar no câmbio.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade