Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Moeda

Dólar comercial fecha em alta de 1,74% a R$ 2,106

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O dólar comercial fechou em alta de 1,74% hoje, negociado a R$ 2,106 no mercado interbancário de câmbio. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista avançou 1,79% para R$ 2,105. Foi o segundo dia seguido de valorização da moeda americana, mas no acumulado de maio o dólar ainda registra queda de 3,75%.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Pelo quarto dia consecutivo, o Banco Central interveio no câmbio com leilão de compra de dólares no mercado à vista. Hoje a taxa de corte das propostas do leilão ficou em R$ 2,1075, pouco abaixo da taxa máxima registrada no dia, que foi de R$ 2,112. Aparentemente, o BC comprou pouco, cerca de US$ 13 milhões, estimaram alguns operadores consultados, o que levou os investidores a ofertarem a divisa no mercado após o leilão, favorecendo a desaceleração dos ganhos.

Continua depois da publicidade


O fluxo financeiro negativo registrado na sessão refletiu saídas de recursos de investidores estrangeiros da Bovespa e remessas de recursos superiores a US$ 100 milhões por parte de empresas, disse um operador de tesouraria de um banco estrangeiro. No acumulado do mês (até o dia 8), contudo, o fluxo cambial está positivo em US$ 1,162 bilhão, segundo dados divulgados hoje pelo BC. Na conta financeira, houve ingresso líquido de US$ 1,054 bilhão em maio até dia 8 - nessa conta são incluídas, entre outras operações, os movimentos de estrangeiros que aplicam em ações e títulos brasileiros e investimentos e remessas de lucros realizados por empresas. No segmento comercial até dia 8, a conta foi favorável, com superávit de US$ 108 milhões no período. O valor é fruto de exportações totais de US$ 2,668 bilhões e importações de US$ 2,560 bilhões. No acumulado do ano, porém, o fluxo cambial ainda amarga resultado negativo de US$ 382 milhões.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade