Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Cotação

Dólar é negociado em baixa de 0,77% a R$ 1,936

Agência Estado
04 jun 2009 às 11:21
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O dólar comercial abriu as negociações nesta sexta-feira (12) no mercado interbancário de câmbio cotado a R$ 1,936, em baixa de 0,77% em relação ao fechamento de quarta-feira. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar à vista abriu a sessão em baixa de 0,61%, negociado a R$ 1,94.

Às 10h30, o dólar comercial reduzia um pouco a baixa, negociado a R$ 1,942 (-0,46%).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) surpreendeu o mercado ao cortar a taxa Selic (juro básico da economia brasileira) em um ponto porcentual na quarta-feira, para 9,25% ao ano. As apostas majoritárias eram de uma queda de 0,75 ponto porcentual, principalmente depois que o Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre do ano encolheu 0,8% em relação ao PIB do quarto trimestre de 2008, um recuo menor do que o esperado. Tecnicamente, a redução superior à prevista na taxa de juros levaria o dólar a subir ante o real. E essa tendência é reforçada, nesta manhã, pela alta forte da moeda norte-americana no mercado internacional.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC

Porém, ontem, enquanto o mercado doméstico ficou fechado por causa do feriado nacional, no exterior o dólar caiu. Além disso, o mercado brasileiro de câmbio não vê possibilidade de uma valorização muito intensa ou duradoura do dólar ante o real em razão de queda da Selic, até porque, mesmo com o corte de quarta-feira, o juro brasileiro é alto, principalmente se comparado aos de outros países com o mesmo nível de risco. E as perspectivas continuam sendo de saldo positivo no fluxo internacional de recursos. Na quarta-feira, o BC divulgou os últimos dados mostrando entrada líquida na primeira semana de junho, de US$ 550 milhões.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade