Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
No Paraná

Em ação judicial, metalúrgicos acusam Bosh de pressão

Agência Brasil
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba entrou hoje (29) com uma ação no Ministério Público estadual contra a empresa Bosch. De acordo com o presidente do sindicato, Sérgio Butka, a empresa vem fazendo pressão para que os trabalhadores aceitem a proposta de redução de salário e de jornada de trabalho.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

"A Bosch impõem essa proposta e não apresenta outra", disse. "A Bosch não é uma empresa que está com problemas financeiros. Vamos discutir redução de salários com empresas que estão deficitárias", acrescentou.

Continua depois da publicidade


Butka disse ainda que a ação é para que o ministério público "faça uma intervenção [na negociação] e para averiguar a situação dos trabalhadores".


Desde o ano passado, o sindicato e a empresa negociam um acordo trabalhista. De acordo com Butka, em média, um trabalhador da Bosch ganha entre R$ 1.200 e 1.500, caso o salário fosse reduzido como é proposto pela empresa, o valor ficaria em R$ 800.


A Bosch, por meio de um comunicado a imprensa, informou que a proposta foi feita aos trabalhadores por causa de uma "acentuada queda da demanda no mercado da indústria automobilística" e uma "redução significativa nos volumes de produção para o mercado interno e, principalmente, para exportação, quando comparado ao período anterior à instabilidade econômica".

Continua depois da publicidade


"A empresa considera que a redução da jornada de trabalho com redução de salário, prevista em lei, é a solução necessária para adequar o grau de ocupação de pessoal à demanda atual", informa o comunicado de imprensa.

O comunicado diz ainda que a multinacional alemã se mantém aberta ao diálogo com o Sindicato dos Metalúrgicos da Grande de Curitiba.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade