Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Por melhores salários

Funcionários da Eletrobras no PR aderem a greve nacional

Redação Bonde
24 jul 2013 às 18:46
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os trabalhadores da Eletrobras de Ivaiporã aderiram nesta quarta-feira (24) à paralisação iniciada na segunda (22) em todo o país. Cerca de 90% dos 28 mil funcionários do sistema cruzaram os braços por tempo indeterminado.

Entraram em greve nesta quarta funcionários da Subestação de Furnas Centrais Elétricas. Eles reivindicam aumento real nos salários e melhores condições de trabalho.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A paralisação tem por objetivo retomar as negociações entre a administração da estatal e as entidades sindicais, interrompidas desde reunião promovida no dia 4 de julho. O impasse nas negociações do acordo coletivo está em torno do reajuste salarial. Enquanto a Eletrobras oferece o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), que seria em torno de 6,5%, os trabalhadores querem 6,88% de aumento, calculado pelo Dieese, mais 4,3% relativos ao crescimento do consumo de energia residencial no ano passado.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC


A Eletrobras é responsável por 35,5% do total da capacidade de geração elétrica do Brasil. São 37 usinas hidrelétricas, 120 termelétricas, três eólicas e duas termonucleares. Mais da metade das linhas de transmissão do Brasil e seis empresas distribuidoras são operadas pela Eletrobras.

Publicidade


Sobre o fornecimento de energia durante paralisação, a assessoria de comunicação da Eletrobras informou, na terça-feira, dia 16 de julho, que os serviços essenciais à população brasileira, previstos na Lei 7.783 de 28 de junho de 1989, estão sendo mantidos normalmente.


"A Eletrobras reafirma o respeito ao direito de greve, mas descarta qualquer possibilidade de interrupção do fornecimento de energia aos brasileiros, contando para isso com o apoio, empenho e alto grau de responsabilidade dos empregados", destaca a estatal na nota.

Empresa e trabalhadores voltam a discutir a situação na segunda-feira (29). (com informações do Paraná Centro)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade