Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Menos de 1%

Índice que reajusta aluguel tem deflação na primeira prévia de julho

Agência Brasil
10 jul 2014 às 11:29
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel, teve deflação (queda de preços) de 0,5% na primeira prévia de julho. O indicador acumula taxas de 1,94% no ano e de 5,43% nos últimos 12 meses, segundo dados divulgados hoje (10) pela Fundação Getulio Vargas.

A queda de preços da primeira prévia de julho, no entanto, foi menos intensa do que a observada na primeira prévia de junho, que havia registrado deflação de 0,64%. Tanto os preços no atacado quanto no varejo tiveram taxas superiores na primeira prévia de julho.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


O subíndice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, teve deflação de 0,87% na prévia de julho, ante deflação de 1,32% na prévia do mês anterior. Já o subíndice de Preços ao Consumidor teve inflação de 0,16% na prévia de julho, taxa acima do 0,14% observado no período anterior.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC

O subíndice de Custo da Construção, por outro lado, teve uma taxa menor na primeira prévia de julho: 0,33%. Em junho, a taxa havia sido 1,91%.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade