Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Novo prazo

Londrina: ILS deve ser instalado em 2019

Redação Bonde
20 set 2013 às 11:31
- Arquivo/Bonde
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Uma reunião entre o prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, o diretor de Operações da Infraero, João Márcio Jordão, e outros representantes da prefeitura e da empresa movimentou o gabinete do prefeito na manhã desta sexta-feira (20). Os prazos do cronograma para a instalação do ILS, que auxilia pousos e decolagens, foram revistos. O equipamento deve ser implantado no aeroporto de Londrina apenas em 2019.

Apesar do anúncio do prazo dado pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), o diretor de Operações da Infraero, João Márcio Jordão, afirmou que a empresa e a prefeitura podem reduzir o período do cronograma. "Nós precisamos fazer a desapropriação ao longo da avenida Salgado Filho para que a gente possa acertar as adequações no muro", disse.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A ampliação da pista e as outras adequações vão melhorar as condições para decolagens nos dias em que há restrições. Um processo de licitação previsto para o mês que vem deve garantir os recursos. Dessa forma seria possível evitar, aproximadamente, 50% dos cancelamentos de voos registrados atualmente.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC


O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, disse que pretende reduzir os prazos em dois ou três anos. "Isso é absolutamente inadequado", disse o prefeito se referir a instalação prevista para 2019. A Infraero formou uma comissão para agilizar os encaminhamentos necessários. O presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina, Bruno Veronesi, garantiu que o cronograma será reduzido. "Nós estamos trabalhando para fazer várias ações simultaneamente e agilizar as adequações", disse.

Além da reforma do muro prevista para o ano que vem, também é preciso desapropriar, gradativamente, os terrenos da face norte do aeroporto. Está prevista ainda a reforma do prédio de embarque e desembarque dos passageiros. (Com informações das rádios Paiquerê e CBN Londrina)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade