Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Londrina muda 'Cidade Limpa' para parcerias com empresas

Guilherme Batista - Redação Bonde
27 jun 2012 às 18:36
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Lei Cidade Limpa, que prevê uma série de normas para a publicidade externa feita nas ruas e avenidas de Londrina, ficou mais flexível para empresas que têm a intenção de firmar parcerias com o poder público para divulgar as suas respectivas marcas. Alterações na lei foram sancionadas pelo prefeito Barbosa Neto nesta semana. A sanção foi publicada no Jornal Oficial do Município de terça-feira (26).

A partir de agora, fica liberado a implantação de anúncios publicitários "integrantes de mobiliário urbano instalados em imóveis públicos, edificados ou não". "A alteração abre brecha para ainda mais parcerias entre poder público e instituições privadas. Uma empresa, por exemplo, pode doar 100 bancos para o município e explorar os acessórios, com a sua marca, por determinado período", explicou o presidente da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), André Nadai.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Ele também lembrou que, para firmar a parceria, a empresa interessada precisa participar de um processo licitatório. "A licitação é importante para darmos transparência ao procedimento. É importante destacar ainda que toda a publicidade precisa estar dentro das normas estipuladas pela Lei Cidade Limpa e pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina", completou.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC

Para 'recuperar' os mobiliários urbanos doados, a empresa terá até 12 meses para fazer a publicidade. A lei prevê ainda que "o mobiliário seja instalado em áreas públicas onde seja constatada necessidade de revitalização e melhoria". "É o que acontece, atualmente, com as rotatórias. Os espaços são revitalizados por determinadas empresas e recebem, por alguns meses, uma placa com a publicidade", exemplificou Nadai garantindo que as "placas de ruas já estavam dentro da Cidade Limpa".


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade