Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Procon

Preço de ovos de Páscoa pode variar até 77%

Redação Bonde
03 abr 2007 às 14:47
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os produtos de Páscoa (ovos, bombons, coelhos, chocolates em barra e colombas) foram pesquisados pelo Procon-PR, que encontrou diferenças de preço que podem chegar a 77% para o mesmo produto vendido em diversos estabelecimentos, como é o caso do ovo Talento Intense Amêndoas, da Garoto, n.º 15, com 240g, custando entre R$ 12,99 e R$ 22,99. As informações são da AEN.

O Procon pesquisou 153 itens em nove supermercados de Curitiba, entre os dias 22 e 26 de março. As marcas pesquisadas foram: Nestlé, Kinder Ovo, Garoto, Lacta, Hersheys, Ferrero Rocher, Arcor, Bauducco e Visconti.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Também são significativas as diferenças no preço do ovo Quarteto Fantástico, com brinquedo, da Lacta, n.º 15, 200g, encontrado com preço entre R$ 11,39 e R$18,99, ou seja, uma diferença de 66,7%; e na cobertura de chocolate branco, da Garoto, 500g, entre R$ 7,99 e R$12,92, o que equivale a 61,7% de variação.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC


Orientações


É preciso definir, em primeiro lugar, o tipo de ovo de Páscoa a ser comprado e depois realizar a pesquisa de preços. Outra recomendação é não levar as crianças para fazer as compras. Também é importante observar se o rótulo contém informações como data de validade, peso, composição e fabricante. Outra informação necessária é saber quais os ingredientes que compõem o produto, uma vez que algumas doenças impedem aos seus portadores, por exemplo, a ingestão de açúcar ou glúten.

Verifique se a embalagem está em boas condições, sem furos, amassados ou sinais de violação e se os ovos estão longe de produtos de limpeza e de fontes de calor. Se houver brinquedos no interior do ovo, a embalagem deve trazer o selo do Inmetro e a idade para a qual é recomendado.
Ovos, bombons ou colombas de fabricação caseira devem seguir as mesmas regras dos produtos industrializados.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade