Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Redução do ICMS

Preços de cerâmica, porcelana e vidro caem 4% no PR

AEN
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Empresas de cerâmica, vidro e porcelana reduziram em 4% o valor dos produtos, informou nesta sexta-feira (3) o presidente do Sindicato das Indústrias de Vidros, Cristais, Espelhos, Cerâmica de Louça e Porcelana do Estado do Paraná (Sindlouças), José Canisso. O setor é um dos contemplados pela lei estadual que reduz de 25% ou 18% para 12% o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidente em mais de 95 mil itens de consumo popular.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O presidente do Sindlouças destacou que a diminuição do ICMS fará grande diferença no valor final das compras e deve impulsionar as vendas no Estado. "A redução de 4% parece ser pequena, mas se pensarmos nas vendas de atacado é muito grande. Uma pessoa que faz uma compra no valor de R$ 10 mil vai ter desconto de R$ 400. Assim, ela pode comprar outros produtos", avaliou.

Continua depois da publicidade


A lei foi aprovada em dezembro do ano passado e entrou em vigor na quarta-feira (1.º). É aplicada na comercialização de produtos, como alimentos, medicamentos e eletrodomésticos, dentro do Estado. Para compensar a perda na arrecadação do ICMS e atender à Lei de Responsabilidade Fiscal, a medida aumenta em dois pontos percentuais o imposto incidente em gasolina, comunicações, cigarros, bebidas alcoólicas e energia elétrica.

No caso do setor de louças, o ICMS caiu de 18% para 12% - diferença de seis pontos percentuais. "Como houve aumento de 2% na energia elétrica, que nós usamos muito na fabricação, a redução no preço para o consumidor será de 4%", explicou Calisso. Sendo assim, as 36 empresas de cerâmica e as quase mil de vidros já reduziram os preços. "É importante destacar que a lei contempla o vidro oco, usado em copos, pratos e jarras", disse.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade