Pesquisar

Canais

Serviços

Em alguns postos de Londrina, em média, o litro do álcool ficou R$ 0,10 mais caro, enquanto o da gasolina subiu R$ 0,05 - Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Londrina e Maringá

Preços dos combustíveis sobem no Norte do PR

Fernanda Mazzini - Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Os preços dos combustíveis foram reajustados em Londrina e Maringá (Região Noroeste). Em alguns postos de Londrina, em média, o litro do álcool ficou R$ 0,10 mais caro, enquanto o da gasolina subiu R$ 0,05; em Maringá os dois combustíveis tiveram reajuste médio de R$ 0,09. Desta vez a explicação para a alta é o período de entressafra da cana-de-açúcar, o que diminuiu a oferta do álcool no mercado. Desta forma, o preço da gasolina também é afetado, uma vez que cada litro do combustível leva 25% de álcool em sua composição. Já em Curitiba os preços se mantêm estáveis, segundo o Sindicombustíveis-PR.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Na maioria dos postos de Londrina, que reajustaram seus preços ontem, o litro do álcool era comercializado por até R$ 1,59, enquanto o da gasolina chega a R$ 2,55. Segundo o proprietário do Posto Jardim Itália, Marcos Antônio Surian, a alta dos preços só não ocorreu antes porque o seu estabelecimento mantinha um estoque, formado antes do reajuste repassado pelas distribuidoras na semana passada. ''Repassamos apenas o aumento (da distribuidora), mas também teremos que arcar com custos maiores uma vez que o salário mínimo vai subir entre fevereiro e março'', comenta.

Continua depois da publicidade


Ele ainda acrescenta que o preço do barril de petróleo caiu no mercado internacional e, apesar disto, os custos subiram no Brasil. Já o proprietário do Posto Santo Expedito, João Batista de Lima, não havia repassado o reajuste aos consumidores até ontem. ''Se aumentarmos os preços os consumidores reclamam, mas a nossa margem está abaixo dos R$ 0,20 por litro'', diz. Além deste reajuste - forçado pela entressafra - ele acrescenta que a partir de abril a alíquota de ICMS recolhida sobre a gasolina vai subir de 26% para 28%. Este imposto estadual é pago quando o combustível sai da refinaria.


Segundo cálculos de Lima, mais R$ 0,05 deverão ser acrescentados ao preço da gasolina considerando a pauta do governo estadual, que calcula o imposto a partir de um preço praticado no varejo de R$ 2,58 o litro. Já em Maringá o litro do álcool está sendo vendido por até R$ 1,50, enquanto o custo do litro da gasolina pode chegar a R$ 2,49. ''A margem dos revendedores é pequena, menos de R$ 0,20 por litro. Todos os postos sobem junto porque a 'fonte' é a mesma, toda a gasolina vem da Petrobras'', afirma Geraldo Conte, proprietário do Posto Automar.


Já o superintendente da Associação dos Produtores de Álcool e Açúcar do Paraná (Alcopar), Adriano da Silva Dias, explica que os preços do álcool são regulados pela oferta e pela procura. O período oficial de safra da cana-de-açúcar tem início em março. Mesmo assim, ele lembra que de 10 unidades produtoras, de um total de 30 instaladas no Paraná, estariam em safra em janeiro. No entanto, a colheita estaria prejudicada pelo período chuvoso. ''O preço recebido pelos produtores das companhias chegou a R$ 0,60, R$ 0,70 o litro no período de safra e agora está na casa dos R$ 0,80. Por que quando os preços caíram (no período de safra) os postos não baixaram os preços nas bombas?'', questiona Dias. Ele acrescenta que em 2003, quando o presidente Lula assumiu o preço do álcool era R$ 1 o litro.

Continua depois da publicidade

Segundo levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP) até a semana passada o preço da gasolina variava entre R$ 2,450 e R$ 2,570, enquanto o álcool era vendido por R$ 1,450 a R$ 1,490. Neste período, o menor preço do litro da gasolina praticado no Estado foi em Colombo (Região Metropolitana de Curitiba), onde o produto foi comercializado, em média, por R$ 2,358. O maior preço médio foi registrado em Cascavel (Região Oeste): R$ 2,540. Já o litro de álcool mais caro foi encontrado em Almirante Tamandaré (RMC) com média de R$ 1,585 e o mais barato em Foz do Iguaçu (Extremo-Oeste), R$ 1,508.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade