Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Paralisado desde novembro

Produtores de álcool do PR perdem R$ 2 mi sem terminal

Redação Bonde
09 jun 2009 às 17:32
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Os produtores de álcool do Paraná acumulam prejuízo de R$ 2 milhões, de novembro do ano passado até agora, com a paralisação do Terminal Público de Álcool de Paranaguá. O cálculo da Associação dos Produtores de Álcool do Paraná (Alcopar) - apresentado, nesta terça-feira (9), na Escola de Governo – mostrou que o custo das operações pelo único terminal privado que opera em Paranaguá, é o dobro do praticado pelo terminal público.

De acordo com publicação da Agência Estadual de Notícias, a operação do Terminal Público foi embargada pela Justiça Federal, em novembro do ano passado, ao deferir liminar em ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF). A ação se baseia no risco que a operação ofereceria aos moradores da Vila Becker, uma ocupação irregular vizinha ao terminal. A decisão judicial, no entanto, afeta somente o funcionamento do terminal público. Outras quatro empresas, também rés na ação, continuam operando normalmente.

Cadastre-se em nossa newsletter

O superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Daniel Lúcio Oliveira de Souza, mostrou que a proibição ao terminal público é injustificável, porque a unidade atende a rigorosos critérios de segurança para que, em um eventual acidente, não ofereça perigo aos moradores vizinhos.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade