Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Crise

ThyssenKrupp vai cortar mais de 3 mil empregos

Agência Estado
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

O conglomerado alemão ThyssenKrupp pretende cortar mais de 3 mil funcionários, ou 1,5% da sua força de trabalho, tornando-se a primeira grande empresa industrial alemã a realizar cortes maciços em meio à desaceleração global, informou hoje o jornal britânico Financial Times, citando pessoas próximas ao assunto.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Os cortes ocorrerão nas unidades de produção siderúrgica e automotiva e nos estaleiros da empresa, disseram as fontes, de acordo com o jornal em seu site.

Continua depois da publicidade

Ontem, a empresa informou que deverá registrar prejuízo no segundo trimestre do ano fiscal de 2009, por conta da queda na demanda por aço. A companhia também anunciou medidas de reestruturação dos negócios para economizar 500 milhões de euros por ano (US$ 681 milhões). A desaceleração econômica levou a uma queda acentuada na demanda por aço. As informações são da Dow Jones.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade