Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Apresentado

Varejo pede prorrogação do IPI reduzido

Agência Estado
26 jun 2009 às 18:42
- Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A presidente do Instituto de Desenvolvimento do Varejo (IDV), Luiza Helena Trajano, disse que representantes do setor varejista solicitaram nesta sexta-feira (26), ao ministro Guido Mantega (Fazenda), que seja prorrogada a redução de alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para geladeiras, fogões, lavadoras e tanquinhos. Segundo ela, que é presidente da rede de lojas Magazine Luiza, caso o governo não renove a redução do IPI, as vendas de eletrodomésticos da linha branca poderão retornar para os níveis anteriores aos da medida, editada em abril e que está prevista para terminar em 17 de julho. A executiva acrescentou que as vendas subiram entre 20% e 25% desde que começaram a vigorar os benefícios fiscais. "Sem prorrogação, vai cair o que aumentou", afirmou ela.

Segundo Luiza, foi dito ao ministro, durante o encontro, que o setor repassou a redução do imposto para os preços dos produtos. A executiva ressaltou ainda que a renovação da medida poderá manter a geração de empregos tanto na indústria quanto no comércio, que já mostraram sinais de reação desde a implementação do benefício. De acordo com ela, foi a única reivindicação formal feita ao ministro. Questionada sobre a reação do ministro ao pleito, ela respondeu não saber se ocorrerá a renovação do corte de IPI.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


A presidente do IDV já havia apresentado o pedido de renovação do corte de IPI ontem, em Brasília, ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge. A previsão do governo é que a redução de IPI para alguns produtos da linha branca, por três meses, diminua a arrecadação em cerca de R$ 177 milhões. Fontes do governo e da indústria indicaram que na próxima segunda-feira possa ser anunciada a prorrogação da redução do IPI para a linha branca e para os setores automotivo e de materiais de construção.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crise

Um terço das famílias brasileiras sobreviveu com renda de até R$ 500 por mês em 2021, mostra FGV

Imagem de destaque
97,5 milhões de ocupados

Taxa de desemprego no Brasil cai para 9,8%, segundo IBGE

Imagem de destaque
Atenção à data

Termina nesta terça o prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Resultado animador

Número de inadimplentes de Londrina cai 14% em abril, segundo dados do SPC

O encontro com Mantega promovido pelo IDV contou com as presenças de executivos e empresários do setor como Michael Klein (Casas Bahia), Ricardo Ribeiro (Marisa), Armando Almeida (Carrefour), Pierre County (Fnac), Jorge Gon (C&C Casa e Construção), Valdemir Colleone (Lojas Cem), Daniela di Fiori (Wal-Mart), Fernando Botton (Leroy Merlin) e Pedro Herz (Livraria Cultura).


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade