Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Sem crise

Wal-Mart vai contratar 22 mil nos EUA

Agência Estado
08 jun 2009 às 13:57
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Nova York - A rede varejista norte-americana Wal-Mart anunciou ontem que pretende contratar 22 mil empregados nos Estados Unidos este ano. A notícia é um grande alento para os trabalhadores dos EUA, que desde o ano passado só ouvem falar em demissões em massa. Com 1,4 milhão de trabalhadores, a rede Wal-Mart é a maior empregadora do país.

A rede varejista vem atravessando a crise global de forma relativamente incólume, pelo menos no que se refere ao número de empregos. A empresa cortou, durante todo esse período, apenas 800 postos de trabalho em sua sede central - número considerado baixo frente às milhões de demissões em todas as áreas no país. Além disso, a crise devastou várias grandes redes varejistas dos Estados Unidos. Grandes grupos, como KMart, Target, Macy's e Home Depot sucumbiram à grave turbulência econômica.

Cadastre-se em nossa newsletter

Durante a assembleia anual de acionistas do Wal-Mart, marcada para hoje em Bentonville, Arkansas, o grupo vai anunciar, além das 22 mil contratações, a abertura ou ampliação de pelo menos 150 lojas este ano. A empresa vai empregar novos gerentes de lojas, farmacêuticos, caixas, vendedores e trabalhadores dos departamentos de recursos humanos e de serviço ao cliente.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade