Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Escândalo Parmalat

Polícia confisca 700 mil euros de uma conta corrente

Redação - Bonde
29 jan 2004 às 18:38
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Agentes da Guarda de Finanças (polícia fiscal italiana) confiscou nesta quinta-feira, em um banco de Milão, 700 mil euros de uma conta corrente atribuída a Anita Chiesi, mulher de Calisto Tanzi, ex-proprietário do grupo alimentício Parmalat.

Além destes 700 mil euros, outros 800 mil foram confiscados de uma empresa no nome de Fausto Tonna, ex-diretor financeiro da Parmalat. Já foram confiscados um total de 12,7 milhões de euros.

Cadastre-se em nossa newsletter

Paralelamente a estas intervenções, estão sendo realizadas outras gestões para a apreensão de bens, depósitos bancários e contas correntes da empresa, cujo buraco financeiro provisório chega a 14,3 bilhões de euros.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade